Distribuidora Ribeiro
Banner Home
prestação de contas

Douglas Melo consome média mensal de R$ 50 mil trabalhando em meio expediente na Assembleia

Pelo Portal da Transparência da Assembleia

22/09/2020 09h00
Por: Ricardo Chaves

Por Redação

No Portal da Transparência da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) podemos comprovar que o deputado estadual Douglas Melo (MDB) fez do seu cargo eletivo um ótimo negócio do ponto de vista financeiro. Exercendo a função normalmente em meio expediente diário, já que “bate-ponto” todas as manhãs em seu programa de rádio, ele consome uma média mensal de R$ 50 mil dos cofres públicos somente com salário e verba de gabinete. 

O contra-cheque de Douglas Melo é emitido todo mês com o valor de R$ 25.322,25. Somente nos 17 meses do atual mandato, iniciado em fevereiro de 2019, o parlamentar já recebeu R$ 430.478,25 de vencimentos. Vale ressaltar que enquanto servidores estaduais convivem há mais de 5 anos com o parcelamento de salários e até com a incerteza do recebimento, o salário de Douglas Melo nunca atrasou, essa é uma prerrogativa do deputado. 

Como se um salário de mais de R$ 25 mil não fosse suficiente, Douglas Melo gasta com muita força a verba indenizatória que cobre despesas do seu mandato. Tal verba é tema constante de críticas, já que é considerada uma maneira de fortalecer o aparelhamento financeiro dos deputados com recursos públicos e favorecimentos de todos dos tipos. 

Se mostrando um viciado em verbas públicas, Douglas Melo defende que o gasto rotineiro da verba de gabinete é legal e constitucional. Uma constatação desse pensamento pode ser encontrada no Portal da Transparência da ALMG: https://www.almg.gov.br/acompanhe/prestacao_contas/index.html

A página detalha a farra mensal do deputado com a tal verba indenizatória, que é uma vergonha até na nomenclatura, já que indeniza gastos direcionados do mandato e não perdas.

Gastando uma média mensal de R$ 25 mil (confira tabela) com a tal verba indenizatória, Douglas Melo justifica o disparate com aluguel de carro de luxo, compra de combustível, locação de imóvel de alto padrão que foi transformado em escritório político, divulgação de notícias do seu interesse e consultoria e assessoria política. Em um único mês (dezembro/2019) ele gastou R$ 43.300,49, sendo R$ 19.620,00 apenas com divulgação direcionada.

Em 17 meses do atual mandato, Douglas Melo já gastou R$ 435.400,38 com sua verba de gabinete e recebeu R$ 430.478,25 de salários, totalizando R$ 865.878,63. Levando em consideração que o parlamentar consome metade do seu tempo diário com sua participação em programa de rádio onde comanda a programação musical matinal, manda abraços para ouvintes e lê horóscopo, esse deve ser um dos melhores salários de meio-expediente do mercado.