Principal 4
Anuncio ramises
Principal 2
Principal 5
Principal 6
Principal 3
unifem 1
outubro rosa
novo super
unifem novo
banner topo
Principal 1
Preconceito

Modelo relata que foi vítima de injúria racial em Belo Horizonte: 'Seu cabelo assusta'

Jovem gravou o momento e fez um desabafo nas redes sociais

11/10/2021 10h55
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

O relato de injúria racial sofrido pela modelo Ludmila Cassemiro, no bairro Cachoeirinha, região Nordeste de Belo Horizonte, nesse domingo (10), viralizou nas redes sociais e causou indignação. 

Pelo Instagram, a modelo contou que estava a caminho da academia quando foi abordada por um homem. No vídeo é possível ouvir ele dizendo que o cabelo dela “assusta” as pessoas. “Eu acabei de vivenciar uma situação racista. Eu estava indo para a academia, passando no bairro Cachoeirinha, e um cara me parou, falou que meu cabelo incomodava, que meu cabelo assustava as pessoas e disse que ele como fotógrafo tinha autoridade para falar do meu cabelo, sobre a forma como eu uso”, relatou a jovem. 

Ludmila filmou o diálogo entre ela e o homem e também expôs o momento nas redes sociais. Nas imagens o homem fala que sempre quis dizer para a modelo que o cabelo dela assusta e tenta se justificar. “Eu sou fotógrafo e posso falar”. A jovem rebate a fala dizendo que é modelo e que ele é racista. 

Após expor a situação vivida, a modelo faz um desabafo. “Essa é uma situação recorrente nos nossos dias, não foi um caso isolado. O que ocorre é que nosso cabelo é lido como ‘palpável de críticas’, as pessoas se sentem no direito de marginalizar nosso elementos, sim, porque o nosso cabelo não é estética, é um elemento político, faz parte do nosso corpo, um símbolo de resistência da nossa cultura”, diz

“O tanto que isso afeta a saúde mental da população negra, o que tanto que isso nos desumaniza e nos tira do nosso lugar de conforto, de simplesmente existir, do nosso direito de caminhar em paz, não está escrito”, completa.