Banner Home
Distribuidora Ribeiro
24 votos a zero

Vereador de Uberlândia, Silésio Miranda, tem mandato cassado pela Câmara Municipal após votação

Vereador é denunciado por uso indevido da verba indenizatória e obtenção de vantagens indevidas na Operação "Má Impressão", do GAECO

30/06/2020 10h20
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

A Câmara Municipal de Uberlândia, no triângulo mineiro, cassou nesta segunda (29), o mandato do vereador afastado Silésio Miranda (PT),  denunciado por uso indevido da verba indenizatória e obtenção de vantagens indevidas na Operação "Má Impressão", do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO). A cassação foi aprovada por 24 votos a zero. 

Em sua defesa o vereador afastado Silésio Miranda apresento gráficos, planilhas, vídeos e cópias de cheques. De acordo com a Câmara, Silésio Miranda considerou que a sua defesa foi cerceada por várias vezes e que ele provou sua inocência.

Silésio foi o 15º vereador de Uberlândia a perder o mandato desde que estouraram as operações do Gaeco em 2019.