Ramses de castro
Por causa de surto

Galo testará elenco duas vezes contra covid-19 antes do jogo contra Ceará, no domingo

Clube está com 24 pessoas infectadas, sendo que 20 testaram positivo nesta semana

20/11/2020 09h06
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

Com um surto de covid-19, o Atlético triplicou os cuidados diários para evitar novas contaminações no clube. Por isso, jogadores, membros da comissão técnica e funcionários serão testados duas vezes até a partida contra o Ceará, domingo, às 16h, no estádio Castelão, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Assim como foi feito antes do duelo contra o Athletico-PR, nessa quarta-feira (18), o Galo irá além do protocolo sanitário da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que exige uma testagem 48 horas antes de cada partida. 

Um teste já foi realizado nesta quinta-feira – fora do protocolo exigido pela CBF. O resultado deve sair nesta sexta (20), quando o clube alvinegro repetirá os exames, assim como determina a entidade máxima do futebol nacional. Os resultados dos novos testes sairão no sábado.

Ainda não se sabe se o Atlético poderá ter novos casos. Até o momento, são 24 pessoas infectadas, sendo que 20 testaram positivo nesta semana. Além do técnico Jorge Sampaoli e toda a comissão técnica, há dez jogadores com a doença: o goleiro Victor, o lateral-direito Guga, os zagueiros Réver e Gabriel, o volante Allan, o meio-campista Alan Franco e os atacantes Eduardo Vargas e Sávio (time profissional), além do zagueiro Rômulo e do volante Rubens (categorias de base).

Na segunda-feira (16), dois dias antes do confronto com o Furacão, o Atlético teve nove casos de covid-19 no clube. Entre os jogadores, apenas o zagueiro Gabriel havia testado positivo. Como forma de prevenção, o Galo bancou novos exames, que foram refeitos na terça (17). Resultado: mais dez pessoas infectadas, sendo cinco atletas: Victor, Guga, Réver, Allan e Vargas.

Os vários desfalques prejudicaram o rendimento do Galo e o time acabou perdendo para o Furacão, o que impossibilitou a equipe de abrir cinco pontos de vantagem na liderança do Brasileirão. Contra o Ceará, as baixas por covid-19 continuarão. Por outro lado, o Atlético poderá contar com os retornos do zagueiro Junior Alonso e do atacante Savarino, que estavam a serviço das seleções do Paraguai e da Venezuela, respectivamente.