Ramses de castro
Ásia

Japão registra recorde de casos diários da covid-19 no país e entra em 'alerta máximo'

País tem pouco menos de 2 mil mortes em uma nação de 126 milhões de pessoas desde o início da pandemia

20/11/2020 09h45
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

O Japão registrou um número recorde de infecções diárias por coronavírus nesta quinta-feira, 19, em meio a um aumento preocupante em um país populoso que conseguiu escapar do pior a pandemia e espera sediar as Olimpíadas em 2021. Em comparação com outros países, o Japão tem feito um bom combate ao vírus, tendo pouco menos de 2 mil mortes em uma nação de 126 milhões de pessoas desde o início da pandemia.

Mas Tóquio viu um número recorde de casos em um único dia duas vezes nesta semana. O Ministério da Saúde disse que o número nacional atingiu um recorde com 2.179 novos casos na quinta - a primeira vez que o Japão teve mais de 2 mil casos diários desde o início da pandemia. A alta anterior ocorreu no sábado passado (14).

Apesar do aumento, o primeiro-ministro Yoshihide Suga não determinou a volta de restrições a viagens ou negócios. Mas os especialistas em coronavírus de Tóquio pediram que as autoridades garantissem mais leitos para os pacientes e quartos de hotel para aqueles com sintomas menos graves antes que as infecções aumentem ainda mais. "Devemos parar com a escalada de infecções, não importa o que aconteça", disse o governador de Tóquio, Yuriko Koike.

O presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, esteve no Japão no início da semana para discutir os Jogos Olímpicos e disse que os participantes seriam incentivados a se vacinar - assumindo que haja uma vacina a tempo - para proteger o público japonês.

O plano baseia-se na ideia de que, com o baixo número de infecções por vírus no Japão, o principal risco esteja em pessoas que chegam do exterior. Se houver aumento de casos no país anfitrião, entretanto, não ficou claro como isso seria tratado. Qualquer plano terá de ser firmado a partir do próximo mês.