Prefeitura Sete Lagoas home
Covid Sete Lagoas
Unifem
Principal 3
Principal 4
Principal 6
Principal 5
Principal 2
Principal 1
Tem espaço?

Tardelli volta a marcar após 15 meses e, com futuro incerto, mira sequência no Galo

Atacante, que conviveu com grave lesão no último ano, marcou na vitória por 3 a 0 sobre a URT

01/03/2021 09h40
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

Desde novembro de 2019, o atacante Diego Tardelli não marcava um gol. Na atual passagem pelo Galo, ainda não havia mandado a bola para o fundo da rede. A comemoração, que não vinha desde o confronto contra o CSA, pelo Grêmio, há mais de 15 meses, veio contra a URT, no Mineirão, na estreia do Campeonato Mineiro, nesse domingo (28), dia em que também encerra o contrato dele com o Atlético. O futuro é incerto e há possibilidade de renovação, caso aceite redução salarial significativa.

“Sensação. Incrível voltar a marcar no clube que eu tenho o maior carinho e respeito. Hoje meu último dia de contrato. Estou fazendo por onde para dar continuidade do trabalho. Estou sentindo que estou bem, confiante. Esperar o que vai acontecer após o fim do jogo”, disse o atacante Diego Tardelli em entrevista à TV Globo.

Contratado pelo Atlético em fevereiro em 2020, Tardelli iniciou a terceira passagem pelo Atlético contra o Cruzeiro, em março daquele ano, partida vencida por 2 a 1, pelo Campeonato Mineiro. Na seguida, atuou na vitória por 3 a 1 contra o Villa Nova. Em sequência, veio a pandemia de covid-19, e as competições foram paralisadas.

Em julho, sofreu grave lesão no tornozelo direito em jogo-treino contra o América. Ficou em recuperação até janeiro deste ano, quando voltou a ter oportunidades, sob comando do ex-técnico Jorge Sampaoli, vindo, na maioria das vezes, do banco de reservas. 

Entrou em campo contra Goiás, Fluminense e Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro. Apenas contra a equipe paulista começou entre os titulares, mas foi sacado no intervalo da partida. 

Diego Tardelli é ídolo no Atlético, onde vive a terceira passagem e foi protagonista nas conquistas da Copa Libertadores, de 2013, da Repoca Sul-Americana, em 2014 e da Copa do Brasil, em 2014. Em 2019 frustrou a torcida alvinegra ao retornar do futebol chinês e acertar com o Grêmio.