Principal 3
Novo Sete
Principal 1
Principal 5
Principal 6
Principal 4
Sete Lagoas
Principal 2
Cabe recurso

Cruzeiro é condenado a pagar R$ 1,5 milhão ao atacante Ezequiel que esteve no clube em 2019

Jogador atuou em 14 partidas e não marcou nenhum gol no ano do rebaixamento da Raposa para Série B

09/06/2021 09h09
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

O Cruzeiro foi condenado em 1ª instância na Justiça do Trabalho a pagar R$ 1.592.034,67 ao atacante Ezequiel. O jogador, que atuou pelo clube em 2019 e disputou apenas 14 partidas, pleiteia salários atrasados, férias proporcionais, FGTS, verbas rescisórias e multas. 

No valor da condenação do Cruzeiro, estão incluídos os custos do processo (R$ 25.734,28). Da parte referente aos pedidos do jogador, são R$ 1.566.300,39. O valor inicial da ação era de R$ 941.168,42. O clube celeste poderá recorrer da decisão.

O juiz Marcos Vinícius Barroso acatou os pedidos de Ezequiel para o pagamento dos salários atrasados de agosto (4 dias) a novembro de 2019, além do saldo de salário de dezembro de 2019, de um terço do 13º salário e férias, acrescidas do terço constitucional, FGTS e multa nos artigos 467 e 487 da CLT. 

A sentença foi proferida no dia 26 de maio, mas só se tornou pública nesta terça-feira, após a ação deixar de tramitar sob segredo de justiça.

Ezequiel atuou no Cruzeiro no segundo semestre 2019, ano do rebaixamento celeste à Série B do Campeonato Brasileiro. Emprestado pelo Sport, o atacante disputou 14 jogos e não marcou nenhum gol.