Principal 3
Principal 4
Anuncio ramises
Novo Sete
Principal 5
Sete Lagoas
Principal 2
novo super
Principal 1
Principal 6
Guayas e Cotopaxi

Rebeliões atingem presídios do Equador e deixam mortos e feridos

País enfrenta um grave problema de superlotação nas prisões, que gira em torno de 30%

22/07/2021 10h56
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

Oito presos morreram durante motins em duas penitenciárias, nas cidades de Guayas e Cotopaxi, no Equador. Outras 20 pessoas, sendo cinco policiais, ficaram feridas. 

O Equador enfrenta um grave problema de superlotação nas prisões, que gira em torno de 30%. 

Em fevereiro, as duas penitenciárias estavam entre as quatro que tiveram confrontos sangrentos, com 79 presos mortos.

Em 2020, segundo a defensoria, houve 103 assassinatos em presídios do Equador.