Principal 1
Principal 2
novo super
Anuncio ramises
Sete Lagoas
Principal 5
Principal 3
Principal 6
Novo Sete
Principal 4
Vitórias

Pela segunda vez no Brasileirão, Cruzeiro, América e Galo vencem no mesmo final de semana

Atlético segue líder, Coelho tenta se afastar do rebaixamento e Raposa ainda sonha com o acesso

13/09/2021 09h33
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

Os torcedores de Atlético, América e Cruzeiro comemoram vitórias de seus times neste final do semana no Brasileirão. No Sábado (11), pela manhã, o Cruzeiro bateu a Ponte Preta por 1 a 0 pela Série B, em Sete Lagoas. No mesmo dia, à tarde, o América superou o Athletico-PR por 2 a 0, no Independência. E neste domingo (12), o Atlético venceu o Fortaleza fora de casa, por 2 a 0.

Essa foi apenas a segunda vez no Campeonato Brasileiro que os três times de Belo Horizonte venceram seus compromissos no mesmo final de semana. Isso também ocorreu no início de agosto. No sábado (07), também às 11h, o Cruzeiro superou o Brusque por 2 a 1. Já no domingo (08), O América derrotou o Fluminense por 1 a 0 e o Galo venceu o Juventude, por 2 a 1, no Alfredo Jaconi.

OBJETIVOS DISTINTOS NA SÉRIE A

Na primeira divisão, os dois representantes de Minas Gerais possuem objetivos bem diferentes no campeonato. O Atlético é um dos principais candidatos ao título. É líder disparado, com 42 pontos, sete a mais que o Palmeiras, segundo colocado. Além disso, o time não perde há 12 jogos.

Já o América briga na parte de baixo da tabela. Com a vitória deste sábado (11), contra o Furacão, chegou aos 21 pontos e ocupa a 17º colocação, no Z-4. Apesar da temporada ruim, o time de Mancini venceu a segunda partida consecutiva e vem reagindo no campeonato.

SONHO DO ACESSO

Na segunda divisão, o Cruzeiro luta para alcançar o G-4 e seguir sonhando com o acesso à Série A. O time de Luxa está invicto há 10 jogos, com seis empates e quatro vitórias, mas ainda longe dos primeiros colocados. A Raposa está no 13º lugar, com 29 pontos, 11 a menos que o CRB, 4º colocado.

Para voltar à elite do futebol, o Cruzeiro precisa vencer pelo menos mais 10 jogos e tentar chegar aos 64 pontos, média que deve garantir um lugar no G-4, considerando os aproveitamentos dos primeiros colocados até aqui.