Principal 4
Principal 5
Principal 2
unifem novo
Principal 3
Anuncio ramises
unifem 1
novo super
outubro rosa
banner topo
Principal 6
Principal 1
Maior adesão

Retorno presencial de alunos cresce nas escolas estaduais de Minas Gerais

Média de adesão no Estado é de 60%

27/09/2021 09h03
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

O Estado de Minas Gerais garante que está pronto para retornar com todos os alunos para atividades presenciais no ano que vem, dependendo da condição de cada município. A garantia sobre essa condição é dada pela superintendente de Políticas Pedagógicas da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais, Ester Barbosa. Até o momento 2.200 escolas estaduais já retornaram às atividades presenciais em mais de 420 municípios, possibilitando o retorno de mais de 1 milhão de estudantes matriculados na rede pública do Estado. 

Ester Barbosa acredita em alta adesão dos alunos da rede estadual. “Em todo o Estado a média de adesão tem sido de cerca de 60% dos estudantes, que é uma média alta, considerando que esse trabalho iniciou em junho. É importante ressaltar que a retomada presencial depende da autorização de cada prefeitura, ou seja, depende das condições sanitárias e autorizações locais para que as retomadas aconteçam. No que tange a rede estadual de ensino estamos prontos a voltar em todas as escolas.”

Já sobre Belo Horizonte, a secretária municipal de Educação, Ângela Dalben, afirmou que aos poucos as famílias estão enviando seus filhos para atividades presenciais nas escolas, ainda em bolhas, e que em torno de 40% delas não se sentem seguras para enviar seus filhos ainda.

“Nós temos famílias que ainda não aderiram ao presencial, são em torno de 40% em alguns lugares, 36%, isso significa que as famílias ainda não estão seguras encaminhar os seus filhos ou o atendimento só por dois ou três dias na semana não foram suficientes, até então porque nós trabalhamos com bolhas desde abril, mas a partir de agosto, setembro, outubro, esse atendimento está cada vez mais se ampliando. Nós já temos escolas que estão com atendimentos quatro, cinco dias, então é muito importante que as famílias estejam atentas como é que a escola está organizando esse atendimento. Semana a semana a medida dos números da cidade a gente vai alterando e vai ampliando.”