unifem 1
banner topo
novo super
Principal 1
unifem novo
Anuncio ramises
Principal 2
Principal 5
Principal 3
Principal 4
outubro rosa
Principal 6
Semifinal

Marca do Galo 2021, Hulk encara o Palmeiras buscando dupla artilharia na Libertadores

Vice-goleador da competição, o atacante já integra o Top 5 dos que mais balançaram a rede pelo Galo no torneio

28/09/2021 10h17
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

Maior ídolo atleticano nesta grande temporada 2021, o atacante Hulk encara o Palmeiras nesta terça-feira (28), no Mineirão, na partida que decide o primeiro finalista da Copa Libertadores deste ano, com a chance de se tornar o segundo ou até o maior goleador do Atlético numa única edição do principal torneio sul-americano de clubes, que tem o camisa 7 alvinegro como vice-artilheiro, com sete gols, três a menos que Gabriel, do Flamengo.

O jogador que mais balançou a rede pelo Galo numa única edição do torneio é o centroavante Guilherme, que marcou nove vezes nas dez partidas disputadas. Em 2013, Jô foi o goleador da competição com os mesmos sete gols que tem hoje Hulk.

Na partida de ida, semana passada, no Allianz Parque, em São Paulo, o atacante teve a chance de chegar ao oitavo gol, mas desperdiçou, na reta final do primeiro tempo, um pênalti cometido pelo zagueiro paraguaio Gustavo Gómez no centroavante Diego Costa.

O Mineirão é o grande palco de Hulk, pois no estádio ele marcou seis dos seus sete gols nesta Copa Libertadores, isso em cinco partidas, o que dá uma média de 1,20.

Ele só passou em branco no empate sem gols com o Boca Juniors, em 20 de julho, na volta das oitavas de final. Na fase de grupos, marcou duas vezes contra o América de Cáli (Colômbia) e Cerro Porteño (Paraguai) e uma diante do La Guaira (Venezuela).

Seu último gol na Copa Libertadores foi na goleada de 3 a 0 sobre o River Plate, em 18 de agosto, quando o Atlético garantiu o direito de encarar o Palmeiras nas semifinais.

Nas cinco partidas fora de casa, o camisa 7 do time de Cuca só balançou a rede nos 3 a 1 sobre o América de Cáli, em 13 de maio, em Barranquilla.

Artilharia geral

Na lista dos principais goleadores alvinegros na Copa Libertadores, Hulk já ocupa a quarta posição. À frente dele aparecem Cazares (8), Guilherme (9) e Jô (11).

Com contrato com o Atlético até o final de 2022, com possibilidade de renovação por mais uma temporada, com certeza este posto será dele, pois o Galo estará presente na Copa Libertadores do ano que vem.

E em 2023 ele deve estar em campo também, pois a opção de renovação dificilmente deixará de ser uma realidade, assim como a participação atleticana no torneio.

Sem dúvida, o casamento entre Hulk e Galo deu certo e a Massa espera que uma das marcas dele seja o craque erguendo a Copa Libertadores dia 27 de novembro, no Estádio Centenário, em Montevidéu. E se der para ser como maior goleador atleticano no torneio, melhor ainda, para as duas partes.

A ficha do jogo

ATLÉTICO

Everson, Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair, Savarino e Nacho Fernández; Vargas e Hulk. Técnico: Cuca;

PALMEIRAS

Weverton, Marcos Rocha, Gómez, Luan e Piquerez; Felipe Melo (Danilo), Zé Rafael, Raphael Veiga e Dudu; Rony e Luiz Adriano (Wesley). Técnico: Abel Ferreira;

DATA: 28 de setembro de 2021;

HORÁRIO: 21h30;

ESTÁDIO: Mineirão;

CIDADE: Belo Horizonte;

MOTIVO: Jogo de volta pelas semifinais da Copa Libertadores;

ARBITRAGEM: Wilmar Roldan, auxiliado por Alexander Guzmán e Jhon León, todos da Colômbia;

VAR: Andrés Cunha (Uruguai).