Principal 5
Principal 4
unifem novo
Principal 1
novo super
Principal 2
Principal 3
outubro rosa
Anuncio ramises
unifem 1
Principal 6
banner topo
Preocupante

Deputados apuram denúncia sobre indígenas da Venezuela com covid em Belo Horizonte

Setenta e quatro indígenas foram acolhidos no final de setembro, alguns já testaram positivo para covid-19 e outros aguardam testes

14/10/2021 10h24
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

Presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, a deputada Andreia de Jesus (PSOL) questiona condições do Abrigo São Paulo, que fica na região Norte de Belo Horizonte. Setenta e quatro indígenas da Venezuela foram acolhidos no final de setembro, alguns já testaram positivo para covid-19 e outros aguardam o resultado dos testes. 

O abrigo é administrado de forma conjunta pelo Grupo Jesuíta da igreja católica e pela Prefeitura de Belo Horizonte e tem 200 vagas para pernoite. 

Conforme a deputada, a situação é de risco para todos os frequentadores do abrigo. “Parte deles precisava de atendimento médico, então alguns foram internados e outros estão aguardando ainda o resultado do exame. Coloquei nossa preocupação para a Comissão de Direitos Humanos, não tem uma política em Minas Gerais para atender o imigrantes. Essa confusão de misturar a política para atender os imigrantes e a política para a população em situação de rua só compromete o equipamento que já não atende a demanda da população em situação de rua. O contexto da pandemia também exige adequações.”

A Prefeitura de Belo Horizonte disse por meio de nota que vem desenvolvendo estratégias para recepção dos venezuelanos. Disse ainda que eles estão em uma ala isolada do Abrigo São Paulo, com oferta de máscaras, dormitório e banheiro. O grupo também está sendo acompanhado por equipe da Secretaria Municipal de Saúde. 

A nota afirma que foi elaborado um plano de ação que inclui o cadastramento das pessoas no SUS, a avaliação clínica com realização de consultas médicas e de enfermagem, verificação da situação vacinal, além da testagem para diagnóstico de covid-19 caso necessário. Todos que testarem positivo serão atendidos prontamente pelas equipes de saúde.