Principal 1
novo super
Anuncio ramises
Principal 2
Principal 3
Principal 6
Principal 4
Principal 5
enem

Enem 2021 teve 26% de abstenção

Índice de abstenção é menor do que registrado em 2020, quando o exame registrou 52,3% de faltosos

22/11/2021 08h53
Por: Redação

Por Itasat

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve 26% de abstenção em 2021. Em entrevista coletiva após as provas, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Danilo Dupas, comemorou o resultado. Segundo Dupas, o índice é semelhante ao de anos anteriores. Em 2020, no primeiro dia de provas, pelo menos 52,3% dos candidatos não comparecerem para a prova. Em 2019, a abstenção foi de 22,9% enquanto em 2018 os ausentes chegaram a 24,7%.

"Mesmo em pandemia tivemos uma boa assiduidade de presentes no exame. Estamos preparados para o próximo domingo", afirmou o presidente do Inep, Danilo Dupos. Ao todo, 3.109.762 de pessoas se inscreveram para a prova, o menor número registrado desde 2005. 

Segundo a Polícia Federal (PF), ao longo dia, foram cumpridos 27 mandatos de prisão. No entanto, de acordo com o delegado Cléo Mazzotti, coordenador-geral da Repressão a Crimes Fazendários da PF, as prisão não têm relação com a realização do exame. Os suspeitos estavam envolvidos a tráfico de drogas, roubo, estupro e sequestro. "Não foi a prova que gerou a prisão, mas são pessoas que deviam à Justiça, fizeram inscrição, e a Polícia Federal foi buscá-los. Nós tivemos um Enem seguro, a tempo, nenhuma intercorrência mais significativa", pontuo o Ministro da Educação, Milton Ribeiro, que comentou ainda a fala do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), na última semana, de que as questões do Enem "começam a ter a cara do governo".

"Sobre a cara do governo, vocês puderam notar que o Enem segue o mesmo padrão nas provas. Isso foi uma narrativa, tentaram politizar a prova. Não teve nenhuma interferência. Talvez, se tivesse, algumas perguntas talvez não estariam ali", afirmou.