Homeopatia São Lucas
Auto Rodas
Arnaldo Radiadores
Breno Campolina
Motociclista use capacete
Quality Ópticas
Ramses
Torneamento São Geraldo
Loctem
Dinheiro por Jóias
Helton Vidro Car
Digital Graph
Ronaldo Cardans
Locmaqfer
Almix
Escritório Jucema
Cooperlíder Proteção Veicular
Cartão de Todos
Evite Queimadas!
Chama!!!
Ótica Pontual
Ótima
Sicoob
Casa da Arte
Forte Vidros
Otica Santa Luzia
IPTU PRORROGADO
Desburocratização

Validade de exames para cavalos será dobrado com projeto do senador Alexandre Silveira sugerido por deputado Douglas Melo

O prazo será estendido para quatro meses

13/05/2022 10h03Atualizado há 6 dias
Por: Redação

O senador Alexandre Silveira (PSD-MG) apresentou, no início da noite da última quarta-feira (04), projeto de lei que Institui a Política Nacional de Controle e Erradicação do Mormo e da Anemia Infecciosa Equina (AIE). O ponto alto do texto é a extensão do prazo de validade de exames de mormo e de anemia infecciosa que terão o prazo de validade de quatro meses, ou seja, o dobro do estabelecido pela legislação vigente. A prorrogação foi solicitada pelo deputado estadual Douglas Melo (PSD-MG) que disse que o objetivo é desburocratizar a circulação de cavalos para eventos agropecuários. 

Douglas Melo pronunciou em suas redes sociais em relação ao projeto “Meus amigos do mundo do cavalo, estou passando para dar uma grande notícia para todos os criadores de cavalo de Minas Gerais e do nosso Brasil, há algum tempo eu procurei o senador Alexandre Silveira que é meu amigo, uma pessoa muito acessível e mostrei para ele as dificuldades que cada criador de cavalo vem tendo principalmente com relação ao prazo de exames, ele se propôs a nós ajudar e apresentou um projeto de lei no senado federal que dobra o prazo de validade dos exames para cavalo. Eu acredito que com esse projeto tramitando ele será aprovado o mais breve possível e nós vamos ter um crescimento muito grande no mundo do cavalo. Quero deixar registrado em nome de todo mundo que ama cavalos um abraço e agradecimento ao nosso senador. Estamos fazendo história.” Concluiu o deputado. 

Vale ressaltar que está previsto no texto que o guia de transporte animal terá o prazo de validade de quatro meses.