Ótica Pontual
Dinheiro por Jóias
Cartão de Todos
Homeopatia São Lucas
Casa da Arte
Arnaldo Radiadores
Auto Rodas
Sicoob
Otica Santa Luzia
Ronaldo Cardans
Escritório Jucema
Ramses
Ótima
Digital Graph
Locmaqfer
Evite Queimadas!
IPTU PRORROGADO
Quality Ópticas
Helton Vidro Car
Cooperlíder Proteção Veicular
Motociclista use capacete
Almix
Chama!!!
Breno Campolina
Loctem
Torneamento São Geraldo
Forte Vidros
Vacinas

Estados Unidos compartilharão tecnologias de vacina para covid-19

Biden pede mais recurso para contribuir com resposta global à pandemia

13/05/2022 13h14Atualizado há 6 dias
Por: Redação

Por EBC

Por intermédio da Organização Mundial da Saúde (OMS), os Estados Unidos (EUA) vão compartilhar tecnologias usadas para fazer vacinas contra a covid-19. O país está ainda trabalhando para expandir o acesso a testes rápidos e tratamentos antivirais para populações de difícil acesso, disse nesta quinta-feira (12) o presidente Joe Biden, na abertura da segunda Cúpula Global da Covid-19.

Biden pediu que o Congresso norte-americano forneça fundos adicionais para que os Estados Unidos possam contribuir mais para a resposta global à pandemia.

"Estamos disponibilizando tecnologias de saúde que são de propriedade do governo dos Estados Unidos, incluindo a proteína Spike estabilizada que é usada em muitas vacinas da covid-19", acrescentou Biden.

Na cúpula, organizada conjuntamente pelos Estados Unidos, Belize, Alemanha, Indonésia e Senegal, os países discutem os esforços para acabar com a pandemia e como se preparar para futuras ameaças à saúde.

A reunião está programada para se basear nos esforços e compromissos assumidos na primeira cúpula global, em setembro, entre os quais incluem-se os de vacinar mais pessoas, enviar testes e tratamentos para as populações de maior risco, expandir a proteção aos trabalhadores do setor de saúde e gerar financiamento para a preparação para uma futura pandemia.

A Casa Branca reuniu mais de US$ 3 bilhões em novos financiamentos para combater a pandemia, informou o governo norte-americano, incluindo mais de US$ 2 bilhões para resposta imediata e US$ 962 milhões em compromissos com o fundo de preparação para pandemias do Banco Mundial.

Também nesta quinta-feira, a Clinton Health Access Initiative (Chai) anunciou que vários fabricantes de medicamentos genéricos que produzirão versões do tratamento antiviral da Pfizer para a covid, o Paxlovid, concordaram em vender o medicamento em países de baixa e média renda por US$ 25 por tratamento ou menos.