IPTU PRORROGADO
Sicoob
Motociclista use capacete
Espetbet dois
Agrotop 3
Casa da Arte
Auto Rodas
Dinheiro por Jóias
Ótica Pontual
Torneamento São Geraldo
Breno Campolina
Cooperlíder Proteção Veicular
Otica Santa Luzia
Chama!!!
Loctem
Homeopatia São Lucas
Locmaqfer
Quality Ópticas
Escritório Jucema
Arnaldo Radiadores
Digital Graph
Ronaldo Cardans
Ramses
Espetbet três
Espetbet
Ótima
Almix
Suspensão

Red Bull suspende piloto após comentários racistas e homofóbicos durante live

Estoniano da Fórmula 2, Jüri Vips foi suspenso da academia de jovens pilotos da equipe austríaca

22/06/2022 10h26
Por: Redação

Com Itasat

A Red Bull anunciou nesta terça-feira (21), a suspensão do piloto estoniano Jüri Vips após comentários racistas e homofóbicos em uma live na Twitch. A equipe austríaca afirmou ter aberto uma investigação do "incidente" e defendeu "tolerância zero" para casos de racismo.

O piloto, de 21 anos, apareceu durante a transmissão de um jogo no canal do neozelandês Liam Lawson, também piloto e membro da academia da Red Bull. Vips usou um termo ofensivo para se referir a pessoas negras e, em outro momento, afirmou que "rosa é uma cor gay", em referência a um boné rosa usado por Lawson.

"A Red Bull Racing suspendeu o piloto júnior Jüri Vips de todos compromissos da equipe com efeito imediato após uma investigação completa do incidente", informou a escuderia em nota oficial. "Como uma organização, condenamos qualquer forma de abuso e temos uma política de tolerância zero para linguagem ou comportamento racista dentro de nosso time", acrescentou.

Através das redes sociais, Vips se desculpou pela linguagem utilizada e disse se arrepender. “Quero me desculpar pela linguagem ofensiva usada durante a live de hoje. Essa linguagem é inaceitável e não reflete meus valores e princípios. Eu me arrependo profundamente pelas minhas ações e irei colaborar com as investigações”, escreveu.

O piloto, que corre pela Hitech na Fórmula 2, fazia parte da equipe de jovens pilotos da Red Bull, que revelou o heptacampeão da Fórmula 1, Sebastian Vettel, e o atual campeão mundial, Max Verstappen.

Na Fórmula 2, Vips ocupa a sétima colocação na temporada de 2022, com 51 pontos e três pódios. Quem lidera o campeonato é o brasileiro Felipe Drugovich, da MP Racing. Até o momento, a equipe Hitech não se pronunciou sobre o caso.