Auto Rodas
Locmaqfer
Breno Campolina
Homeopatia São Lucas
Dinheiro por Jóias
Almix
Espetbet
Quality Ópticas
Digital Graph
Otica Santa Luzia
Motociclista use capacete
Agrotop 3
Espetbet três
IPTU PRORROGADO
Espetbet dois
Cooperlíder Proteção Veicular
Casa da Arte
Ótima
Escritório Jucema
Arnaldo Radiadores
Ramses
Torneamento São Geraldo
Loctem
Chama!!!
Sicoob
Ótica Pontual
Ronaldo Cardans
ELEIÇÕES 2022

Ciro sobre Datafolha: 'Nessa época em 2018 ninguém imaginava Bolsonaro ou Zema eleitos'

“Pesquisa é retrato e a vida é filme", afirma candidato otimista com eleições

24/06/2022 08h35
Por: Redação

Com Itasat

Pré-candidato à presidência pelo PDT, Ciro Gomes avaliou que os eleitores brasileiros ainda não entraram no clima eleitoral e comparou o cenário deste ano com o de 2018, quando Romeu Zema (Novo) surpreendeu nas últimas semanas de campanha e venceu a disputa.

Em entrevista na manhã desta sexta-feira (24), Ciro afirmou que, apesar de não conseguir crescer nas pesquisas de intenção de voto, até outubro terá tempo para quebrar o clima de polarização entre petistas e bolsonaristas.

“Pesquisa é retrato e a vida é filme. O povo mineiro dá o testemunho fácil sobre isso. Nessa época nas eleições de 2018, ninguém acreditava que o Bolsonaro venceria a eleição, mas mais surpreendente ainda é que ninguém imaginava que o Zema ganhasse as eleições ou que Dilma ficasse em 4º lugar na disputa pelo senado”, afirmou Ciro Gomes.

Na pesquisa Datafolha divulgada na quinta-feira (23), o pré-candidato do PDT aparece em terceiro lugar, com 8% das intenções de voto. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece com 47%, e, em segundo lugar, aparece o atual presidente Jair Bolsonaro (PL), com 28%.

“O retrato revela uma polarização, muito calorosa, ideologizada, marcada pelo ódio e paixões. Eu sou o oposto, tenho tentado salvar o Brasil desse ambiente de desagregação nacional, que famílias estão brigando, amizades se desfazendo”, analisou Ciro.