Ronaldo Cardans
Ramses
Arnaldo Radiadores
Loc moral
Quality Optcas
Homeopatia São Lucas
Carioca
Agrotop Novo
Espetbet três
Digital Graph
Clinica Dois
Auto Rodas
Espetbet dois
Ótica Pontual
Dinheiro por Jóias
Sicoob
Espetbet
Escritório Jucema
Chama!!!
Agro loc
Loctem dois
Espetbet 6
Cooperlíder Proteção Veicular
Breno Campolina
Ótima
Forte vidros dois
Espetbet 4
Otica Santa Luzia
Espetbet 1
Loc moral 3
Torneamento São Geraldo
Governo de Minas

DATATEMPO: Zema recua, e diferença para Kalil cai 6,6 pontos na reta final

Distância entre o governador e o ex-prefeito que era de 30,6 pontos percentuais agora é de 24 p.p.

30/09/2022 06h48
Por: Redação

Na reta final da campanha, o governador Romeu Zema (Novo) tem 49% das intenções de voto, contra 25% de Alexandre Kalil (PSD), de acordo com pesquisa DATATEMPO realizada entre 24 e 27 de setembro. Com isso, a diferença entre os dois caiu 6,6 pontos percentuais (p.p.) em menos de 20 dias, e agora é de 24.

Os dados são referentes à pesquisa estimulada, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos eleitores. Na comparação com a rodada realizada entre 5 e 9 de setembro, o governador registrou queda de 3,5 p.p. Ao mesmo tempo, o ex-prefeito cresceu 3,1 p.p. A margem de erro é de 2,53 pontos para mais ou para menos. Mesmo com as variações, Zema continua vencendo no primeiro turno, quando analisados os votos válidos (excluídos os brancos e nulos). Ele tinha 65,1% e agora tem 59,2%. Já Kalil saiu de 27,2%, no início do mês, para 30,2% atualmente.

A pesquisa não captou os eventuais efeitos do debate da Globo na noite de terça-feira. É importante lembrar que, na eleição de 2018, embora já apresentasse tendência de alta, o então candidato Zema cresceu de forma mais expressiva e intensa após o debate da emissora, ocasião em que pediu voto para o também candidato à época Bolsonaro.

O Instituto  também mediu a intenção de votos espontânea, quando os nomes dos candidatos não são apresentados. O governador ficou estável após crescer de forma expressiva de agosto para o início de setembro. Ele foi mencionado por 33,9% dos entrevistados no início do mês, índice que agora oscilou para 34,5%. Kalil cresceu em nível similar ao da pesquisa estimulada, de 13,5% para 16,7%.

2º turno

A diferença entre Zema e Kalil também caiu na simulação de segundo turno. O governador teve ligeira queda fora da margem de erro, enquanto Kalil subiu. Na pesquisa anterior, Zema tinha 59% e, agora, 56,1%. Já Kalil saiu de 26,9% para 32,1%, alta de 5,2 pontos percentuais. Com isso, a diferença, que era de 32,1 pontos, caiu para 24%.