Espetbet dois
Espetbet 1
Sicoob
Ótica Pontual
Forte vidros dois
Cooperlíder Proteção Veicular
Escritório Jucema
Auto Rodas
Espetbet
Espetbet três
Otica Santa Luzia
Ronaldo Cardans
Agrotop Novo
Digital Graph
Ramses
Espetbet 4
Clinica Dois
Espetbet 6
Agro loc
Arnaldo Radiadores
Chama!!!
Homeopatia São Lucas
Loctem dois
Loc moral
Torneamento São Geraldo
Ótima
Breno Campolina
Loc moral 3
Carioca
Quality Optcas
Dinheiro por Jóias
Tecnologia

UX Group inicia projeto-piloto de entregas por meio de motos elétricas

Regiões Sul e Oeste da capital paulista serão as primeiras a serem atendidas; objetivo é proporcionar entregas mais sustentáveis

24/11/2022 13h10
Por: Redação
Fonte: Agência Dino
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A UX Group, empresa especializada em tecnologia inteligente para transporte e logística, anuncia seu projeto-piloto de entregas realizadas por meio de motos elétricas. Inicialmente, a iniciativa atenderá as regiões Sul e Oeste da capital paulista, incluindo pedidos de três importantes e-commerces: Luft Shoes, Estrela 10 e Insecta.

No primeiro mês do projeto, que teve início no Centro de Distribuição de Barueri (SP), foram realizadas 214 entregas, que se traduziram em 2,3 mil quilômetros rodados. A economia na emissão de gás carbônico foi de 299,26 kg. Segundo informa Zamboni, cada moto tem autonomia para realizar 30 entregas em um período de tempo de seis horas. 

“Uma das metas da UX Group é criar formas de entrega mais sustentáveis, alinhando-se às agendas ESG dos nossos clientes. Esse primeiro teste servirá para avaliarmos os resultados e, na medida que obtivermos sucesso, pretendemos expandir a operação envolvendo motos elétricas”, revela Eneas Zamboni, CEO da UX Group.  

Até o final de 2022, o executivo espera contar com 10 motos elétricas, que devem proporcionar uma economia na emissão de CO2 de quase três toneladas. “Quando falamos em meio ambiente, cada um precisa estar consciente e fazer sua parte. Queremos nos tornar referência de empresa que cria alternativas para gastar menos combustível e, consequentemente, poluir menos”, conclui Zamboni.