Loctem dois
Quality Optcas
Auto Rodas
Espetbet
Dinheiro por Jóias
Chama!!!
Espetbet dois
Homeopatia São Lucas
Ótica Pontual
Agrotop Novo
Arnaldo Radiadores
Escritório Jucema
Espetbet 4
Ótima
Digital Graph
Loc moral
Ronaldo Cardans
Carioca
Ramses
Cooperlíder Proteção Veicular
Espetbet três
Loc moral 3
Otica Santa Luzia
Clinica Dois
Espetbet 6
Torneamento São Geraldo
Sicoob
Espetbet 1
Breno Campolina
Agro loc
Forte vidros dois
Tecnologia

Uso de dados para orientar ações de marketing é defendida por 76% de executivos

Pesquisa global mostrou que cada vez mais os executivos querem o uso de dados para saber onde e como investir seus orçamentos de marketing. Profiss...

25/11/2022 13h25
Por: Redação
Fonte: Agência Dino
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Uma pesquisa da Kantar Ibope Media com executivos de publicidade mostrou que a tendência no uso de dados nas ações de marketing das marcas só tende a crescer nos próximos anos. Do total de 672 executivos de 39 países consultados, 76% afirmaram que dados devem ser usados pelas empresas e suas agências de marketing. Pelo menos 53% deles também disseram incentivar conversas orientadas por dados em toda organização.

Essa necessidade de uso de dados para orientar ações se dá porque as empresas querem ter mais controle sobre seus investimentos em mídia, conforme informaram 81% dos entrevistados. Além disso, 83% concordaram que buscam planejar suas ações de marketing de forma a conversar diretamente com o consumidor, estratégia conhecida como “direct to consumer”. De acordo com a Kantar, um aumento do número de clientes que compram diretamente de marcas de forma on-line foi acelerado pela pandemia da Covid-19. Nesse cenário, os anunciantes podem construir relacionamentos comerciais diretos com os clientes, contornando alguns desafios do varejo.

Ainda de acordo com a pesquisa, intitulada “Estratégia de Dados para o Crescimento de Marcas”, um dos desafios dos profissionais de Marketing para a criação de estratégias de publicidade e de planejamento das marcas é definir o perfil de seu público, o que foi citado por 38% dos entrevistados. O especialista em Tecnologia e Marketing, Bruno Armelin Ferreira, informa que hoje já existem tecnologias capazes de fornecer informações detalhadas sobre o comportamento do consumidor e, com isso, é possível orientar a criação de campanhas de marketing direcionadas e, portanto, mais eficazes. Ele cita como exemplo o uso de Inteligência Artificial (IA) no marketing, o que vem garantindo melhores resultados para as marcas.

“Atualmente, com o desenvolvimento da Inteligência Artificial, a experiência personalizada no ambiente de consumo digital faz com que consumidores criem expectativas cada vez mais altas e, em contrapartida, que as empresas invistam na melhor interação com os clientes, atendendo às novas demandas de um mundo digitalizado”, ressalta.

Ele explica que o uso de IA possibilita a automação da coleta e análise de dados, capacitando os profissionais de marketing a tomar decisões baseadas em dados e experiência do consumidor. “As informações são fornecidas em tempo real e a comunicação com os consumidores são otimizadas e mais impactadas, possibilitando mensagens adaptadas individualmente e entregues no momento certo, sem qualquer intervenção direta da equipe de marketing”, observa.

Marketing de conteúdo aliada à análise de dados pode garantir resultados mais eficientes

Estratégias de inbound marketing ou marketing de conteúdo, que são focadas na produção de conteúdos direcionados ao público das marcas, podem ser potencializadas com o uso de inteligência artificial, informa Bruno Armelin Ferreira. “O marketing de conteúdo é excepcional para envolver e construir relacionamentos. É necessário esforço e recursos significativos para criar e distribuir conteúdo direcionado, e a IA pode reduzir as demandas de distribuição automatizando campanhas e melhorando ROI (retorno sobre investimento), tornando-se uma ferramenta vital para superar esses desafios”, diz.

Com uma experiência de 17 anos na área de marketing e tecnologia, o profissional enfatiza que a inteligência artificial fornece insights que ajudam a determinar a estratégia que obtém o melhor desempenho, permitindo a concentração de esforço no conteúdo mais eficaz para o público da marca, identificando também quais plataformas terão alcance mais significativo e quais públicos serão mais receptivos às estratégias de marketing de conteúdo utilizadas.

Ferreira informa ainda que, em média, os profissionais de marketing gastam 5 horas e 36 minutos por semana tentando melhoras seus processos de dados, sendo que 61% das equipes de marketing afirmam que a IA é de grande importância para as estratégias de dados, podendo aumentar a produtividade dos negócios em até 40%.

“Podemos dizer que a utilização da IA melhora a eficiência, escala e velocidade das operações mercado atual. Essa tecnologia está em evolução constante e a otimização de recursos e tempo é imprescindível para melhorar a experiência do cliente, desde a criação e distribuição de conteúdo, até o marketing conversacional e insights avançados do dia a dia, ajudando a identificar e atingir metas de negócios de longo prazo”, conclui.