RR MÍDIA 3
Patente
Chama!!!
RR 2023 02
Giro Luvas
Tecnologia

Setor de máquinas e equipamentos exporta US$ 1,043 bilhão

Dados de exportação no setor de máquinas e equipamentos indicaram uma receita total de US$ 1,043 bilhão em julho de 2023

14/09/2023 13h10
Por: Redação
Fonte: Agência Dino
Canva
Canva

Relatório da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) divulgou em agosto deste ano, dados referentes ao desempenho do setor da indústria brasileira de máquinas e equipamentos quanto à exportação. Segundo o estudo realizado, os dados de exportação no setor de máquinas e equipamentos indicaram uma receita total de US$ 1,043 bilhão em julho de 2023, representando uma redução de 21,3% em relação a maio, quando havia registrado um aumento de 35,7% em comparação com abril de 2023. A queda em junho compensou parcialmente o crescimento de maio, resultando em um patamar de exportações semelhante ao observado em junho de 2022, que totalizou US$ 1,032 bilhão.

Ainda sobre os dados de exportação, o relatório divulgado em julho de 2023, o setor de produção de máquinas e equipamentos atingiu um valor total de exportações de US$ 1,3 bilhão. Este número representou um impressionante aumento de 35,7% em relação a abril, que, por sua vez, havia registrado uma queda de 21,2% em comparação com março de 2023.

Além do resultado da exportação, o relatório da ABIMAQ, apontou crescimento na receita líquida de vendas de máquinas e equipamentos, marcando o segundo aumento consecutivo nesse tipo de análise. Como resultado, o segundo trimestre do ano registrou um crescimento de 2,7%. O destaque desta vez foi o aumento das vendas no mercado interno, representando a primeira vez no ano em que a melhoria do desempenho foi impulsionada por esse fator. Enquanto isso, as exportações, que vinham mostrando um forte crescimento, inclusive em comparação com o ano anterior, registraram uma queda nesse período. A recente melhoria nos resultados da indústria brasileira de máquinas e equipamentos pode ser atribuída ao aumento das vendas de componentes para equipamentos de capital, máquinas destinadas à infraestrutura e equipamentos para os setores de logística e construção civil.

Quanto ao desempenho do segmento de máquinas e equipamentos industriais, o 17º Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção revelou perspectivas otimistas nas projeções de vendas nesse setor para o ano de 2023. Conforme ressaltado no relatório, as estimativas indicam a possibilidade de um aumento de aproximadamente 4% nas vendas e na receita ao longo de 2023, abrangendo tanto as máquinas de linha amarela quanto toda a categoria de equipamentos destinados à indústria da construção.

José Antônio Valente, diretor da empresa locação de equipamentos Aluga Máquinas Sul afirma que a redução de 21,3% no resultado referente ao mês de julho pode influenciar as empresas do setor a olhar o mercado nacional como uma oportunidade para aumentar a receita, sejam eles na produção e venda de equipamentos de grande porte como também para aluguel de andaimes e outros equipamentos menores. “O mercado nacional pode compensar um pouco da perda de receita para as empresas do setor que estavam focadas na exportação”.