Banner Home
Distribuidora Ribeiro
Coronavírus

Pacientes com covid-19 e outras doenças aguardam vagas de UTI em Upas de Belo Horizonte

Fila de espera

29/06/2020 10h38
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

Moradores e servidores do sistema de saúde de Belo Horizonte relatam filas em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da capital por vagas de unidades de terapia intensiva (UTI). Na UPA Barreiro, oito pacientes com suspeita de covid-19 aguardam vaga em CTI desde o início da manhã desse domingo (28). A informação foi dada pelo presidente do Conselho Municipal de Saúde de BH, Bruno Pedralva.

Situação semelhante é relatada na Upa Centro-Sul, conforme conta Aloísio Gregório, filho de uma idosa que está na unidade desde quarta-feira (24), com diagnóstico de covid-19. “Minha mãe, a senhora Helena, deu entrada na Upa Centro-Sul quarta-feira. Ela tem 74 anos, é cardiopata e hipertensa. Estava apresentando um problema de retenção de líquido, mas de repente apresentou falta de ar e cansaço”, explicou. 

“Ela foi atendida e levada para o setor de covid-19. Daí pra cá nós não tivemos mais contato com a minha mãe. Ela não foi transferida e eles falam que estão aguardando leito de CTI”, disse Aloísio. 

A falta de leitos afeta também pacientes que estão com outros problemas de saúde. Miguel Arcanjo Ramos aguarda na fila para fazer um procedimento cardíaco. Internado desde quinta-feira (25), na Upa Centro-Sul, a filha dele conta que família acionou o Ministério Público, que prontamente conseguiu uma liminar na Justiça determinando que a vaga fosse disponibilizada por 24 horas. “Até o momento não temos notícias de vagas”, disse Jane Ramos.

Procurada, a Secretaria Estadual de Saúde informou que o aumento dos pacientes com suspeita de covid-19 nas Upas e hospitais de BH foi um dos motivos que contribuíram para o fechamento do comércio. Conforme a pasta, a taxa de ocupação de leitos de UTI para pacientes com covid-19 está em 86%. Ao todo, BH tem 1.099 leitos (UTI e enfermaria) exclusivos para pessoas com o novo coronavírus. Em março, conforme a secretaria, eram 196.

Também em nota, a Prefeitura de Belo Horizonte informa ainda que um respirador da Upa Venda Nova e um do SAMU foram remanejados para a unidade. Ainda de acordo com a nota, dois pacientes que estavam no local foram transferidos: um para o Hospital do Barreiro e um para o Hospital Santa Lúcia. Novos respiradores e vagas estão sendo providenciados.