Ramses de castro
Alerta

Covid-19: segunda onda pode chegar ao Brasil em dezembro e deve atingir mais os jovens, alerta infectologista

Isso é o que prevê o infectologista Guinael Freire

28/10/2020 10h30
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

O Brasil corre risco de viver uma segunda onda de covid-19, possivelmente a partir de janeiro, com grandes chances de atingir jovens, que hoje são os mais relaxados com as medidas de segurança mesmo com a pandemia. 

Isso é o que prevê o infectologista Guinael Freire, que explica que a segunda onda pode começar até mesmo em dezembro com a chegada das festas de fim de ano e o afrouxamento das medidas de prevenção e de distanciamento. 

“O Brasil reproduz de certa forma o que acontece na Europa e também nos Estados Unidos com algum atraso. Na Europa, especialmente na Espanha, mas também pouco na França, atualmente na Itália também, nós temos observado um aumento do número de notificações embora com uma taxa de letalidade menor porque ela está correndo mais entre pessoas mais jovens. É razoável pensar que a partir de dezembro podemos experimentar um aumento no número de notificações da mesma forma que outros países estão vivenciando e isso só vai acabar definitivamente quando tivermos uma vacina disponível.”