Principal 6
Principal 2
Principal 1
Principal 5
Principal 4
Novo Sete
Sete Lagoas
Principal 3
Quem chega?

Cruzeiro inicia busca por novo técnico, e nomes para substituir Felipe Conceição são ventilados

Raposa demitiu treinador após eliminação para a Juazeirense na Copa do Brasil

10/06/2021 10h14
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

O Cruzeiro pretende definir nesta quinta-feira (11) o nome do novo técnico, que substituirá Felipe Conceição, demitido na noite dessa quarta-feira (9), após a eliminação para a Juazeirense na terceira fase da Copa do Brasil. São ventilados os nomes de Mozart Santos e Vanderlei Luxemburgo.

O diretor de futebol do clube, Rodrigo Pastana, gosta do trabalho de Mozart, com quem trabalhou no CSA, no Campeonato Brasileiro da Série B do ano passado, e no Coritiba.

Já o nome de Luxemburgo, que tem duas passagens pela Raposa e conquistou a Tríplice Coroa em 2003, circula em uma ala do Cruzeiro, mas a contratação poderia esbarrar na questão financeira.

A demissão

A queda de Felipe Conceição foi anunciada pelo presidente celeste, Sérgio Santos Rodrigues, logo após a eliminação do clube nos pênaltis para a Juazeirense (3 a 2), após derrota no tempo normal por 1 a 0, em Juazeiro (BA).

“Tenho que pedir desculpas para a torcida do Cruzeiro. É inadmissível que o Cruzeiro seja eliminado ainda nesta fase da Copa do Brasil. O maior campeão da Copa do Brasil. Claro que existem diversas adversidades, de campo, outras coisas, mas não tem nada a ver”, disse o mandatário.

"A gente agora já está conversando com nosso executivo, do que fazer melhor daqui para frente. Conversamos com o grupo. Pedindo o apoio de todo mundo e reiterando minhas desculpas à torcida. Pode ter certeza que vamos trabalhar muito para corrigir nossa rota e trabalhar para chegar ao nosso objetivo final. Pela terceira vez, meu pedido de desculpas. Confiem que vamos buscar o melhor para vocês", declarou o presidente celeste.

Desempenho

Conceição foi contratado pelo Cruzeiro no fim de janeiro. Com o treinador, o time celeste já tinha sido eliminado nas semifinais do Campeonato Mineiro, para o América. Antes de cair na terceira fase da Copa do Brasil, a equipe iniciou a Segunda Divisão com duas derrotas e ocupa a lanterna da competição.

No Cruzeiro, Felipe Conceição esteve à frente do time em 19 partidas e acumulou oito vitórias, três empates e oito derrotas (aproveitamento de 47,3%).