Anuncio ramises
novo super
Principal 2
Principal 1
unifem novo
Principal 6
Principal 5
Principal 3
Principal 4
Curinga alvinegro

Zaracho se destaca também pelos gols e já supera artilheiro do Galo na temporada 2020

Argentino só tem menos bolas na rede que Hulk na caminhada alvinegra em 2021

25/11/2021 11h47
Por: Redação

Por Itasat

O gol sobre o Palmeiras na última terça-feira (23), no Allianz Parque, em São Paulo, no empate por 2 a 2 que deixou o Atlético ainda mais próximo do título do Campeonato Brasileiro, fez com que o meia argentino Matías Zaracho, de 23 anos, vice-artilheiro do Galo na temporada 2021, chegasse a uma dúzia de bolas nas redes adversárias, superando a marca do goleador de 2020, o atacante Keno, que marcou 11 vezes.

Nem é a função principal de Zaracho fazer gols, mas dentro da sua marca maior, de curinga do time do técnico Cuca, ele tem se destacado também neste ponto, pois chega à área adversária com muita qualidade e tem bom poder de finalização.

Nesta reta final de Brasileirão, antes do gol no Allianz Parque, ele já tinha balançado a rede no fundamental 1 a 0 sobre o Athletico-PR, dia 16 de novembro, na Arena da Baixada.

Nessas duas partidas, o Galo, jogando fora de casa, alcançou o mesmo resultado do seu perseguidor Flamengo, o que impediu que o clube rubro-negro diminuísse a diferença de pontos entre eles, que segue em oito.

Curinga

Zaracho já jogou em todos os setores do time atleticano nesta Série A de Campeonato Brasileiro. Na defesa foi apenas uma vez, por um tempo. Na derrota de 1 a 0 para o Flamengo, no Maracanã, em 30 de outubro, Cuca sacou Guga no intervalo e o argentino atuou como lateral-direito.

No meio, ele já fez todas as funções. Foi segundo volante em alguns momentos, meia pela direita em outros, armador nas ausências de Nacho Fernández, e sempre tendo como marca a intensidade de jogo.

Essa facilidade de exercer várias funções já permitiu que Cuca usasse Zaracho, também dependendo da necessidade, mais aberto pela direita, como um atacante, principalmente com as ausências de Savarino por lesão ou convocações para a seleção da Venezuela.

Virada

Indicado por Jorge Sampaoli e contratado ao Racing, da Argentina, com o Atlético pagando US$ 6 milhões (cerca de R$ 33 milhões) por 50% dos seus direitos econômicos, Zaracho só foi desencantar e virar não só titular, como peça fundamental do time alvinegro sob o comando de Cuca.

O desempenho é tão alto nesta temporada 2022, que o polivalente argentino já chama a atenção de clubes do futebol europeu.

Na semana passada foi noticiado o interesse do Bayer Levekusen, da Alemanhã, que estaria disposto a pagar 17 milhões de euros (cerca de R$ 107 milhões) para contar com meia, segundo informações da imprensa alemã.

Oficialmente não chegou nenhuma proposta ao clube. De toda forma, já seria uma valorização de R$ 20 milhões caso sejam esses os valores que o Bayer Leverkusen pretende oferecer por Zaracho.

O Atlético pagou R$ 33 milhões por 50% dos seus direitos econômicos que já estariam valendo R$ 53 milhões.