Sicoob
Torneamento São Geraldo
Dinheiro por Jóias
Motociclista use capacete
Casa da Arte
Breno Campolina
Arnaldo Radiadores
Cooperlíder Proteção Veicular
Otica Santa Luzia
Forte Vidros
Ronaldo Cardans
Cartão de Todos
Evite Queimadas!
Loctem
Digital Graph
IPTU PRORROGADO
Homeopatia São Lucas
Locmaqfer
Escritório Jucema
Chama!!!
Quality Ópticas
Auto Rodas
Helton Vidro Car
Ótica Pontual
Ramses
Ótima
Almix
Trocas

Bolsonaro troca comando do Ministério de Minas e Energia

Bento Albuquerque deixa a pasta e Adolfo Sachsida assume

11/05/2022 11h08
Por: Redação

Por Itasat

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, foi exonerado da chefia da pasta nesta quarta-feira, 11, segundo consta em decreto publicado no Diário Oficial da União (DOU). Com a saída, Adolfo Sachsida foi nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) para o cargo de ministro, deixando a chefia da Assessoria Especial do Ministério da Economia.

A exoneração do almirante Bento Albuquerque ocorre um dia após o ajuste do preço do diesel, anunciado pela Petrobras na segunda-feira, 9, passar a valer nas refinarias. Em live nas redes sociais na última quinta-feira, dia 5, Bolsonaro criticou a política de preços da Petrobras e pediu que os mesmos ficassem congelados.

Na ocasião, o presidente chegou a citar nominalmente Bento Albuquerque, além de José Mauro Coelho, presidente da Petrobras, ao afirmar que os servidores "não podem" aumentar o preço dos combustíveis. Bolsonaro também criticou o lucro registrado pela estatal no primeiro trimestre deste ano, enfatizando que o povo é violado em favor do acionista da companhia.