Ronaldo Cardans
Escritório Jucema
IPTU PRORROGADO
Torneamento São Geraldo
Arnaldo Radiadores
Cooperlíder Proteção Veicular
Homeopatia São Lucas
Dinheiro por Jóias
Ótica Pontual
Digital Graph
Locmaqfer
Loctem
Quality Ópticas
Espetbet
Sicoob
Motociclista use capacete
Otica Santa Luzia
Chama!!!
Agrotop 3
Espetbet dois
Almix
Auto Rodas
Ótima
Breno Campolina
Espetbet três
Casa da Arte
Ramses
Organização militar

Suécia se junta à Finlândia e confirma que solicitará adesão à Otan

Mudança encerra ciclo de 200 anos de neutralidade do país nórdico

17/05/2022 11h28
Por: Redação

Por Itasat

A primeira-ministra da Suécia, Magdalena Andersson, anunciou, nesta segunda-feira, 16, que o país se juntará à Finlândia e solicitará adesão à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), na esteira da guerra decorrente da invasão russa da Ucrânia. "Informaremos à Otan que queremos nos tornar membros da aliança", informou a premiê.

A mudança histórica encerra mais de 200 anos de neutralidade no país nórdico e provavelmente incomodará o presidente da Rússia, Vladimir Putin. O anúncio veio depois que um debate no Riksdagen o Parlamento sueco, mostrou que há um grande apoio à adesão à Otan. Dos oito partidos no Legislativo, apenas duas legendas menores de esquerda se opuseram.

Neste domingo, 15, os social-democratas suecos romperam com a posição de longa data do partido de que a Suécia deve permanecer não alinhada, abrindo caminho para uma maioria clara para a adesão à Otan no parlamento.

A mudança na Suécia ocorreu depois que a vizinha Finlândia anunciou neste domingo que também buscaria se juntar à aliança de 30 países.