IPTU PRORROGADO
Ótima
Sicoob
Auto Rodas
Arnaldo Radiadores
Espetbet três
Casa da Arte
Homeopatia São Lucas
Chama!!!
Espetbet dois
Motociclista use capacete
Ótica Pontual
Torneamento São Geraldo
Locmaqfer
Ronaldo Cardans
Otica Santa Luzia
Cooperlíder Proteção Veicular
Loctem
Agrotop 3
Dinheiro por Jóias
Digital Graph
Quality Ópticas
Ramses
Espetbet
Breno Campolina
Almix
Escritório Jucema
adeus do coelho

América abre 2 a 0, mas leva empate do Tolima em 3 minutos e está eliminado da Libertadores

Com resultado, Coelho ainda tem chances de conseguir uma vaga na Copa Sul-Americana

19/05/2022 10h04
Por: Redação

Por Itasat

O América teve o jogo na mão contra o Tolima-COL, mas desperdiçou a última oportunidade para manter vivo o sonho de avançar às oitavas de final da Copa Libertadores. Após um início de jogo eletrizante na noite desta quarta-feira, o Coelho abriu 2 a 0 no estádio Manuel Murillo Toro, em Ibagué, mas viu o filme do jogo no Independência se repetir, levou dois gols dos colombianos no intervalo de três minutos, cedeu o empate e acabou eliminado do torneio. 

O time alviverde marcou com Marlon, aos seis, e Iago Maidana (pênalti), aos 26 do primeiro tempo. Mas o Tolima empatou com gols de Anderson Plata e Michael Rangel, aos 39 e 42 da etapa inicial. No fim da partida, o América pressionou e chegou a acertar uma bola no travessão com Kawê, mas não conseguiu fazer o terceiro gol. 

Com o resultado, o América chegou aos dois pontos e continua na lanterna do Grupo D. Agora, resta ao Coelho sonhar com uma vaga na Copa Sul-Americana. Para isso, o time alviverde terá que terminar a fase de grupos na terceira posição tomando o lugar do Independiente del Valle-EQU. 

Para ir à Sul-Americana, o América terá que torcer para o Atlético vencer os equatorianos nesta quinta-feira, no Mineirão, e ainda ganhar do Del Valle na última rodada, na próxima quarta-feira (25), em Sangolquí. 

Já o Tolima segue na vice-liderança, com oito pontos, mesma pontuação do Atlético, mas atrás do Galo no saldo de gols. 

O jogo 

A partida começou eletrizante, com o Tolima pressionando e o América retrucando. Não demorou muito para o Coelho abrir o placar, aos seis minutos. Após jogada de Henrique Almeida pela direita, a zaga da equipe colombiana rebateu, mas a bola sobrou para Aloísio, que cruzou para Marlon bater no ângulo. 

No minuto seguinte, o Tolima balançou as redes, mas a arbitragem anulou porque a bola pegou na mão do atacante antes da conclusão da jogada. A equipe da casa continuou pressionando e obrigou Jailson a fazer grandes defesas em sequência. 

Quando o empate dos colombianos parecia iminente, o América aproveitou um vacilo do Tolima para ampliar o placar. Após pressão do Coelho no meio-campo, Henrique Almeida roubou a bola, avançou em velocidade e foi puxado dentro da área. O árbitro marcou pênalti. Iago Maidana converteu a fez 2 a 0. 

O resultado deixava mais perto o sonho do América de avançar às oitavas de final da Libertadores. 

Mas o time alviverde repetiu o ‘apagão’ no jogo contra o próprio Tolima no Independência, não conseguiu segurar a diferença no placar e viu o adversário empatar no intervalo de três minutos. O primeiro gol saiu aos 39, quando Anderson Plata aproveitou passe no meio da zaga americana e bateu para o fundo das redes. Aos 42, a defesa do Coelho bobeou após cruzamento para a área e Rangel completou para o gol deixando tudo igual na Colômbia. 

TOLIMA 2 x 2 AMÉRICA  

Tolima: Domínguez; Marulanda, Quiñones, Moya e Junior Hernández; Rovira, Ureña (Trujillo) e Cataño (Gustavo Ramírez); Anderson Plata, Ibargüen e Michael Rangel (Juan Caicedo). Técnico: Hernán Torres  

América: Jailson; Patric, Iago Maidana, Éder, Conti (Juninho Valoura) e Marlon; Lucas Kal (Gustavinho) e Índio Ramírez (Rodriguinho); Felipe Azevedo (Pedrinho), Henrique Almeida e Aloísio (Kawê). Técnico: Vagner Mancini  

Motivo: 5ª rodada do Grupo D da Copa Libertadores  

Data: quarta-feira, 18 de maio de 2022    

Horário: 21h 

Local: Estádio Manuel Murillo Toro, em Ibagué (Colômbia) 

Gols: Marlon (6’/1º), Iago Maidana (pênalti - 26’/1º), Anderson Plata (39’/1º), Michael Rangel (42’/1º) 

Cartão Amarelo: Moya (Tolima); Iago Maidana, Juninho Valoura, Pedrinho (América) 

Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)  

Auxiliares: Juan Belatti (ARG) e Diego Bonfa (ARG)