Cooperlíder Proteção Veicular
Espetbet 6
Clinica Dois
Torneamento São Geraldo
Loctem dois
Homeopatia São Lucas
Otica Santa Luzia
Sicoob
Forte vidros dois
Dinheiro por Jóias
Auto Rodas
Casa da Arte
Espetbet três
Espetbet 4
Carioca
Chama!!!
Espetbet dois
Ramses
Arnaldo Radiadores
Breno Campolina
Espetbet 1
Ótima
Digital Graph
Escritório Jucema
Espetbet
Quality Optcas
Ótica Pontual
Agrotop Novo
Feminicídio

Corpo de Bárbara Vitória é velado na manhã desta quarta

O corpo de Bárbara foi encontrado na manhã dessa terça-feira (2) em um matagal que fica atrás de um campo de futebol, no bairro Landi, em Ribeirão das Neves

03/08/2022 10h07
Por: Redação

Com Itasat

Está sendo velado e será enterrado, nesta quarta-feira (3), o corpo de Bárbara Vitória, de 10 anos. Ela foi encontrada sem vida próximo a um campo de futebol, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Os pais chegaram à funerária, no Bairro São Cristovão, na Região Noroeste de Belo Horizonte, no início desta manhã. ''Vão enterrar um pedaço de mim'', disse o pai, Rogério Rodrigues. O sentimento comum entre familiares e amigos é de revolta.

A família contou com a ajuda financeira da funerária para prestar as últimas homenagens. O enterro está marcado para às 15h no Bosque da Esperança, no Bairro Jaqueline, Região Norte da capital mineira. "Eu só quero ter a lembrança dela feliz, a lembrança dela brincando", completou o pai.

Os irmãos ainda não sabem que Bárbara foi morta. "A pequena, de 3 anos, está na casa de amiga... O pequeninho saiu com a esposa do meu amigo. Não sei o que vou falar pra eles", acrescentou.

O corpo de Bárbara foi encontrado na manhã dessa terça-feira (2), em um matagal que fica atrás de um campo de futebol, no bairro Landi, em Ribeirão das Neves. A criança estava com uma camisa do Atlético, vista nas filmagens, mas sem a parte de baixo da roupa. Ela foi enforcada com um fio.

O suspeito

O principal suspeito de ter matado a menina Bárbara Vitória, de 10 anos, passou por um teste de DNA feito pela Polícia Civil na noite dessa terça-feira (2) no Instituto de Criminalística de Belo Horizonte, na avenida Augusto de Lima, no Barro Preto. O teste deve demorar cerca de 15 dias para ficar pronto.

O resultado do teste será comparado com o material encontrado no corpo da criança assassinada.

O homem, de 50 anos, chegou a ser detido pela Polícia Militar (PM) na segunda-feira (1º), antes do encontro do corpinho de Bárbara, mas foi liberado pela Polícia Civil por falta de provas concretas.