Clinica Dois
Espetbet três
Espetbet 6
Sicoob
Agro loc
Espetbet dois
Ótica Pontual
Ramses
Homeopatia São Lucas
Espetbet
Digital Graph
Torneamento São Geraldo
Loctem dois
Chama!!!
Loc moral 3
Quality Optcas
Auto Rodas
Otica Santa Luzia
Breno Campolina
Espetbet 4
Loc moral
Forte vidros dois
Ronaldo Cardans
Escritório Jucema
Arnaldo Radiadores
Agrotop Novo
Dinheiro por Jóias
Carioca
Cooperlíder Proteção Veicular
Ótima
Espetbet 1
Eleições 2022

Simone Tebet e caciques do MDB têm encontro para definir posição no 2º turno

A aliança no segundo turno ampliaria o apoio de ruralistas ao ex-presidente Lula, na avaliação da campanha dele. Tebet é senadora do Mato Grosso do Sul e ligada ao agronegócio

04/10/2022 07h12
Por: Redação

Com O Tempo

Terceira colocada neste domingo (2), com 4,2% dos votos totais, a senadora Simone Tebet se reúne com líderes do seu partido, o MDB, nesta segunda-feira (3), para definir a posição em relação ao segundo turno da eleição presidencial, que será disputada entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL).

Aliados de Lula alimentam a esperança de um apoio de Tebet e do MDB à candidatura do petistas. A aliança no segundo turno ampliaria o apoio de ruralistas ao ex-presidente, na avaliação da campanha dele. Tebet é senadora do Mato Grosso do Sul e ligada ao agronegócio. 

Em seu primeiro discurso após a divulgação do resultado do primeiro turno das eleições, na noite de domingo, Tebet afirmou que não irá se omitir no segundo turno. Ela disse que a palavra sobre o posicionamento do partido está com os presidentes do MDB, mas deu no máximo 48 horas para que eles decidam quem irão apoiar, pois afirmou que “irá se pronunciar, diante de sua responsabilidade e de sua vice candidata, a senadora paulistana Mara Gabrilli, com o povo”. 

“Chegamos aonde chegamos juntos e estaremos juntos no segundo turno. Roberto [Freire], acelere a decisão do Cidadania. Peço ao MDB que faça o mesmo. E ao PSDB e Podemos que façam o mesmo. Só não esperem de mim, que tenho uma trajetória de vida de luta pelo país, neste país que tanto precisa de nós, omissão. Tomem logo a decisão, porque a minha está tomada. Eu tenho lado e vou me pronunciar no momento certo. Só espero que vocês entendam que esse não é qualquer momento do Brasil”, disse ela. 

Simone Tebet ganhou visibilidade com participação na CPI da Covid

Apesar de ter passado longe de ir para o segundo turno e em nenhum momento ter alimentado expectativas concretas de se aproximar dos líderes, Tebet encerrou a campanha à Presidência da República conseguindo se projetar como uma liderança de centro ou centro-direita na política nacional