Ramses de castro
Fique atento

Nova versão do Minas Consciente passa a valer a partir de sábado

A partir de agosto, a fase branca deixa de existir

30/07/2020 09h45
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

A partir do próximo sábado (1º), passa a funcionar a nova versão do programa Minas Consciente, que foi votada na tarde desta quarta-feira (29) pelo Comitê Extraordinário da Covid19 do estado. O comitê conta com membros do executivo, do judiciário, do Ministério Público e do TCE. 

Uma das principais mudanças no programa se refere a redução do número de ondas. A partir de agosto, a fase branca deixa de existir e o programa passa a ter apenas as ondas vermelha, amarela e verde.

 De acordo com o secretário adjunto de desenvolvimento econômico, Fernando Passalio, e o governador Romeu Zema, ficam na onda vermelha apenas municípios que podem abrir apenas o essencial. 

 

“Agora, nós vamos colocar as ondas exatamente igual nós vemos em um semáforo de rua. A onda vermelha, amarela e verde. A vermelha vai ser aplicada nos casos em que o município e região estão com mais dificuldades”, explicou o governador.

Outra mudança importante é a possibilidade de escolha aos municípios, que vão poder optar entre aderir as ondas de acordo com o critério da macrorregião ou da microregião.

“Os municípios passarão a ter uma certa autonomia a aquilo que o gestor municipal julgar mais adequado”, afirmou o chefe do executivo estadual. 

 Os protocolos que eram diversos, variando de acordo com atividade, passam a ser concentrados em apenas único. Ele vai valer para todas as atividades. Os indicadores também foram aprimorados.

 Em relação aos bares e restaurante, quando só estiverem liberadas as atividades essenciais, esses estabelecimentos só poderão servir em modalidade delivery/retirada, segundo Fernando Passalio. 

“Os bares poderão funcionar somente delivery se a cidade estiver na onda vermelha. Passando para a onda amarela e verde, vai poder haver consumo no local. Isso desde que seja respeitada todas as orientações do protocolo único que vai estar disponível no site”, orientou o secretário.

 O secretário adjunto de desenvolvimento econômico, Fernando Passalio, também falou sobre as academias. “As academias, assim como shows e eventos esportivos, passam a ser uma possibilidade de municípios e microregiões que conseguirem avançar para a última onda, que é a verde", esclareceu.

 Em relação às aulas, de acordo com o governador Romeu Zema o processo de regras ainda está sendo finalizado. Hoje 305 municípios mineiros estão no programa Minas Consciente, atingindo 7 milhões de pessoas.

Para conferir todas as alterações, basta clicar abaixo.

http://file///C:/Users/Felli/Downloads/Minas_Consciente_Alteracoes_29_07_2020.pdf