Distribuidora Ribeiro
Banner Home
ONDA VERMELHA

Sete Lagoas deve manter comércio não essencial fechad0

Situada na onda vermelha do Minas Consciente, SL deve manter comércio não essencial fechado

06/08/2020 05h19
Por: Ricardo Chaves

Por Portal Sete

A partir do próximo sábado (8), passa a valer as novas regras do Minas Consciente, que classifica as cidades em ondas verdes, amarelas e vermelhas baseados no número de casos no loca, capacidade de atendimento e avanço dos infectados.

Com a reformulação do projeto, Sete Lagoas, que teve um aumento de 238% nos casos de covid-19 em 30 dias, agora se encaixa na onda vermelha, na qual apenas comércio essencial é permitido abrir.

Confira quais estabelecimentos estão liberados a partir de sábado: 

Onda 1 - vermelha - serviços essenciais

- Supermercados, padarias, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência

- Bares (somente para delivery ou retirada no balcão) 

- Açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros

- Serviços de ambulantes de alimentação

- Farmácias, drogarias, lojas de cosméticos, lavanderias, pet shop

- Bancos, casas lotéricas, cooperativas de crédito

- Vigilância e segurança privada

- Serviços de reparo e manutenção

- Lojas de informática e aparelhos de comunicação

- Hotéis, motéis, campings, alojamentos e pensões

- Construção civil e obras de infraestrutura

- Comércio de veículos, peças e acessórios automotores

Para evoluir da onda vermelha para a amarela, o município deve cumprir as restrições da primeira fase por sete dias. Em seguida, para passar para a verde, é preciso esperar 28 dias. Em qualquer momento a cidade também pode regredir nas ondas, se o avanço da doença aumentar.