Distribuidora Ribeiro
Banner Home
Grande BH

PM coloca Bope, Choque e Rotam nas ruas da Grande BH para conter onda de ataques a ônibus

Batizada de Fênix, a operação não tem data para terminar

15/09/2020 10h52
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

A Polícia Militar (PM) inicia nesta terça-feira uma megaoperação para acabar com a onda de ataques contra ônibus registrada em BH e em cidades da região metropolitana nos últimos dias. Batizada de Fênix, a operação não tem data para terminar. 

A operação, lançada oficialmente nesta manhã, conta com mais de 100 militares de diversos batalhões (Bope, Choque, Rotam), mais de 40 viaturas - inclusive os caveirões - e com o apoio aéreo do helicóptero Pegasus. 

“O objetivo dessa operação é realizar mesmo uma saturação na região metropolitana, com o intuito de prevenir esse tipo de crime que começou a ocorrer recentemente aqui na nossa região de Belo Horizonte, Betim e Vespasiano”, explicou o major Rafael, assessor de comunicação do Comando de Policiamento da Capital.

De acordo com ele, o serviço de inteligência já tem nomes de pessoas suspeitas de envolvimento com os ataques, que seriam ordenados por detentos do sistema prisional de Minas.

Quarto no mês 

Mais um ônibus foi incendiado na Grande BH no começo da madrugada desta terça-feira, desta vez em Vespasiano, na região metropolitana. O coletivo da linha 5505 (bairro Serra Dourada/ Terminal Morro Alto) foi queimado na rua Principal, bairro Serra Dourada, próximo à Escola Municipal Maria Fonseca.

Os autores seriam dois adolescentes e a suspeita é que o crime tenha sido ordenado por bandidos no sistema prisional. 

Foi o quarto coletivo incendiado em setembro na Grande BH. O primeiro incêndio a ônibus no mês foi registrado na quarta-feira (9), no bairro Jardim Vitória.

Dois dias depois, no mesmo bairro, outro coletivo foi alvo de criminosos, que cercaram o veículo, mandaram todos descerem e atearam fogo usando gasolina.

No último sábado (12), um ônibus foi incendiado na altura do bairro Jardim Felicidade.