tia lili topo
Aprimorando

Galo: Sampaoli segue sem dar prazo para usar Tardelli, que está a um mês e meio do fim do contrato

Atacante aprimora a parte física há quase 30 dias, após se recuperar de grave lesão no tornozelo

13/01/2021 08h40
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

Recuperado de uma grave lesão no tornozelo direito, sofrida em julho do ano passado, o atacante Diego Tardelli ainda não sabe quando será relacionado pelo técnico Jorge Sampaoli para uma partida do Atlético. Com contrato com o Galo até o fim de fevereiro, o atacante corre contra o tempo para entrar em forma e convencer o treinador argentino a levá-lo para o banco de reservas na reta final do Campeonato Brasileiro.

O ídolo da torcida atleticana aprimora a parte física desde o dia 15 de dezembro, quando foi liberado do departamento médico. Tardelli tinha a expectativa de ficar à disposição de Sampaoli ainda no fim de 2020, mas o treinador “jogou um balde de água fria” na esperança do atacante e dos torcedores afirmando que, pelo tempo parado, ele só poderia voltar em fevereiro, ou seja, faltando poucos dias para o fim do contrato.

Após o empate do Atlético com o Red Bull Bragantino, nessa segunda-feira (11), em Bragança Paulista, pelo Brasileirão, Sampaoli voltou a comentar sobre a situação de Diego Tardelli e não deu um prazo para utilizá-lo.

“Depende da evolução dele. O dia a dia vai nos mostrando se Diego, com a grande ausência, pode competir com os que têm muitas partidas já jogadas. Isso dependerá da competição interna. Isso vai ser determinante. Um jogador que sofreu a lesão que ele teve, com tanto tempo parado, seguramente terá que se colocar em forma ou igualar aos demais”, frisou.

Futuro indefinido

Desta forma, o futuro de Tardelli no Atlético segue indefinido. Sem jogar, o atacante de 35 anos ainda não sabe se terá o contrato renovado pela diretoria e pode ver a terceira passagem pelo clube se encerrar com apenas um jogo no período de um ano.

Com passagens marcantes pelo Atlético em 2009 e em 2013/2014, Tardelli teve o retorno anunciado pelo clube no dia 12 de fevereiro de 2020, quase um mês depois de o camisa 9 rescindir o contrato com o Grêmio. 

No entanto, o atacante precisou entrar em forma e só estreou no clássico contra o Cruzeiro, no dia 7 de março, pelo Campeonato Mineiro, em que o Galo venceu por 2 a 1, no Mineirão. Tardelli entrou durante o segundo tempo. Esta foi a única partida disputada por ele desde o retorno ao clube. Isso porque, nove dias depois, o futebol brasileiro foi paralisado pela pandemia do novo coronavírus e o camisa 9 não teve sequência desejada.

Quando poderia ser aproveitado, Tardelli sofreu uma fratura-luxação do tornozelo direito, com ruptura ligamentar e lesão da cartilagem, em um jogo-treino contra o América, no dia 15 de julho, na Cidade do Galo, quando faltavam 11 dias para o retorno do futebol.