Principal 6
Principal 2
Principal 3
Principal 1
Covid Sete Lagoas
Principal 5
Principal 4
Mistério

IML de BH libera corpo de Lorenza Pinho, mulher de promotor de Justiça

Laudos de exames vão apontar causa da morte e devem ser concluído a qualquer momento

14/04/2021 09h52
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

O Instituto Médico Legal (IML) liberou nesta terça-feira (13), o corpo de Lorenza Maria de Pinho, de 41 anos, que morreu na sexta-feira da Paixão, no apartamento da família no bairro Buritis, na região Oeste de Belo Horizonte. 

Lorenza era esposa do promotor de Justiça André Luís de Pinho, de 51, que está preso há nove dias para que a Justiça investigue as circunstâncias que levaram à morte da mulher. 

O laudo pericial deve ser concluído a qualquer momento e deve ser entregue ao Ministério Público. O documento deve apontar se Lorenza teve morte natural ou se foi assassinada. 

O corpo da mulher ficou dez dias no IML, passou por vários exames e, agora, deve ser velado na cidade de Barbacena. Fontes informaram que o corpo foi entregue para o pai e a irmã de Lorenza.