Principal 5
Principal 6
Principal 2
Principal 1
Covid Sete Lagoas
Principal 3
Principal 4
Retrospecto ruim

Galo mira quebrar tabu no Mineirão contra Cerro Porteño, algoz na Copa Libertadores

Atlético tem retrospecto ruim e nunca venceu o rival paraguaio em Belo Horizonte

03/05/2021 10h43
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

O confronto entre Atlético e Cerro Porteño, nesta terça-feira (4), às 19h15, no Mineirão, vale a liderança do grupo H da Copa Libertadores da América. Ambas as equipes somam 4 pontos, com uma vitória e um empate cada. Em campo também estará um tabu: o Galo nunca venceu o rival paraguaio em Belo Horizonte.

Foram poucos os confrontos entre as equipes em toda história: apenas seis, pelas Copas Libertadores de 1972, 1981 e 2019. Foram três vitórias do Cerro Porteño, uma do Atlético e dois empates. O duelo mais recente, inclusive, ainda é memória fresca para o torcedor.

As derrotas por 1 a 0, no Mineirão, e por 4 a 1, no Paraguai, em 2019 foram determinantes para que o Galo, comandado por Levir Culpi, sequer se classificasse às oitavas de final daquele ano, num grupo que tinha, ainda, Zamora-VEN, Nacional-URU. O Atlético tem remanescentes no elenco como os zagueiros Réver e Igor Rabello, o lateral-direito Guga, o volante Jair e o meia Nathan.

Nos demais jogos em Belo Horizonte entre as duas equipes na história, foram dois empates — 1 a 1 em 1972 e 2 a 2 em 1981.

A única vitória do Atlético sobre o Cerro Porteño foi na edição de 1981 da Libertadores. O time mineiro venceu por 1 a 0, no Paraguai. 

Histórico do confronto

Cerro Porteño 4 x 1 Atlético – abril de 2019 

Atlético 0 x 1 Cerro Porteño – março de 2019 

Atlético 2 x 2 Cerro Porteño – julho de 1981

Cerro Porteño 0 x 1 Atlético – julho de 1981

Cerro Porteño 1 x 0 Atlético – março de 1972

Atlético 1 x 1 Cerro Porteño – março de 1972

Favoritismo 

Apesar do retrospecto negativo contra o Cerro, o Atlético é favorito no confronto desta semana. Com investimentos milionários, o clube mineiro tem um dos elencos mais valiosos da América.