Principal 4
Principal 1
Principal 5
Sete Lagoas
Principal 2
Novo Sete
Principal 6
Principal 3
Líder religioso

Pastor é preso suspeito de abusar de, pelo menos, quatro mulheres em igreja de BH

Prisão foi feita após investigação da Polícia Civil

10/06/2021 09h09
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

O líder religioso, conhecido como pastor Alexandre, foi detido por investigadores da Polícia Civil (PC) ao chegar à igreja onde pregava em Belo Horizonte. Conforme a instituição, ele abusou sexualmente de, pelo menos, quatro mulheres na capital mineira. O pastor é influente na comunidade. Apenas no perfil pessoal do Instagram, que foi desabilitado, ele possui cerca de 500 mil seguidores. 

A delegada Cristiana Angelica, da delegacia especializada de investigação à violência sexual, revela detalhes das denúncias. "O pastor é um líder influente na região. Aproveitando da condição de líder religioso, ele abusava das vítimas", destacou. Segundo ela, todas as vítimas relataram o mesmo "modus operandi".

"O pastor se aproveitava das vítimas, que estavam muitas vezes com problemas financeiros, amorosos e de saúde. Elas pediam a ele que orassem por elas". A prece era feita em uma sala separada, onde os crimes aconteciam, segundo a polícia. 

"Ele dizia às vítimas que elas estavam com influência de alguma entidade. Encostava as partes genitais dele nas costas das vítimas, encostava no peito das vítimas e muitas vezes sussurrava as orações ao pé do ouvido das fiéis. Todas as ações passaram na igreja", destacou. 

Ainda conforme a delegada, quando era confrontado pelas vítimas, o pastor dizia ser "influente politicamente, que tinha amigos criminosos e que nada aconteceria com ele". O religioso responde pelo artigo 215, violência sexual mediante fraude. A pena vai de 2 a 6 anos. No depoimento, ele nega o crime.

"É importante a divulgação da investigação porque acreditamos que existam outras vítimas que, por vergonha, medo ou receio, não procuram a delegacia. Pedimos que todas procurem as autoridades policiais", completou a delegada.