Forte vidros
Ótica santa luzia
Ótima
Quality
RR MÍDIA 3
Ramses
Rodas
Sicoob
Pontual
Chama!!!
RR 2023 02
Breno
Giro Luvas
Loc moral 3
Torneamento
Optima seguros
Gráfica
Loc moral
Saúde

Série de ações marcam o mês do Dia Mundial de Combate à Asma

No mês do Dia Mundial de Combate à Asma, campanha incentiva conscientização e qualidade de vida para pessoas com asma, destacando os desafios enfre...

26/05/2023 09h10
Por: Redação
Fonte: Agência Dino
Reprodução CDD
Reprodução CDD

No mês do Dia Mundial de Combate à Asma, a associação Crônicos do Dia a Dia (CDD) através da campanha “Movimente-se, Inspire Sonhos”, incentiva a mobilização em prol da qualidade de vida, informação e conscientização sobre a asma, uma das patologias crônicas mais comuns no Brasil. Apesar de sua prevalência, a pessoa com asma enfrenta uma série de desafios, desde a dificuldade no diagnóstico até a conscientização sobre a natureza crônica da doença e a necessidade de cuidados e tratamento contínuos. 

A asma é uma doença crônica caracterizada pela inflamação dos brônquios, causando o estreitamento e o fechamento parcial das vias aéreas, o que resulta em dificuldades respiratórias. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que mais de 339 milhões de pessoas sejam afetadas pela asma em todo o mundo. Os sintomas comuns da asma incluem tosse persistente, principalmente à noite, chiado, cansaço e sensação de aperto no peito com dificuldade para respirar, podendo ser desencadeada por diversos fatores - como alergias, infecções, mudanças climáticas, esforço físico e aspectos emocionais. 

O tratamento medicamentoso da asma é dividido em duas categorias principais: os controladores, sendo a base do tratamento para asma persistente e possuem propriedades anti-inflamatórias, e os medicamentos de alívio, utilizados conforme a necessidade do paciente para aliviar rapidamente os sintomas. Conforme o Relatório de Recomendação do PCDT de Asma da Conitec, a prevalência de sintomas de asma entre adolescentes no Brasil é uma das mais altas do mundo, chegando a 20%. Contudo, um inquérito recente realizado no país revelou que apenas 12,3% dos asmáticos têm a doença sob controle, e apenas 32% aderem ao tratamento prescrito. Além do impacto social significativo, a asma não controlada representa um custo financeiro elevado para as famílias e para o sistema de saúde.

O tratamento da asma no Brasil envolve diferentes atores e responsabilidades, desde a esfera municipal, estadual até a federal, o que gera uma necessidade de maior atenção com uma doença de alto impacto na saúde da população. A responsabilidade sanitária e social deve ser primaz a todos estes atores para o tratamento desta doença, comenta Mário Moreira, sanitarista e assessor da CDD.

Neste ano, o mote principal da campanha “Movimente-se, Inspire Sonhos”, fala sobre a importância do movimento para a qualidade de vida das pessoas que convivem com a asma. Importante destacar que pessoas com a asma controlada por meio de tratamento adequado podem e devem se exercitar. Com os devidos cuidados, uma vida ativa traz benefícios físicos, motores e emocionais, auxiliando no controle das crises asmáticas.O exercício físico pode beneficiar pessoas com asma, desde que seja feito com acompanhamento de um profissional de educação física capacitado. Melhorando a capacidade pulmonar, fortalecendo os músculos respiratórios e controlando o peso corporal”, explica o especialista em medicina do esporte, Lukas Augusto.

De acordo com Augusto, a prática de exercícios físicos fortalece o sistema imunológico, promove bem-estar emocional e pode ser iniciada por meio de modalidades de baixo impacto, como musculação, pilates e natação. O profissional também recomenda evitar ambientes poluídos, monitorar os sintomas e ter medicação de resgate disponível.

A campanha conta com uma série de ações presenciais e digitais com a hashtag #InspireSonhos, que serão executadas ao longo do ano por todo o Brasil. Um importante acontecimento é a exposição de pôsteres informativos sobre a condição, acontece em São Paulo, na estação do metrô Borba Gato (Linha 5 - Lilás). Os visitantes da exposição têm a oportunidade de acessar o website da campanha, onde encontrarão diversas informações sobre a doença e poderão se inscrever para receber materiais didáticos gratuitos.

Neste mês, também ocorre o Dia Mundial de Combate ao Tabagismo, celebrado em 31 de maio, que busca alertar a população sobre os malefícios do tabagismo e os impactos devastadores que ele pode causar na saúde. O cigarro não apenas agrava a asma dos fumantes, mas também prejudica a saúde respiratória das pessoas ao redor, que são expostas passivamente à fumaça. 

Na asma, um dos fatores de risco mais importante é o tabagismo. A conscientização social dos riscos desta patologia, só veio com a Lei Ambiente Livre de Tabaco em 2009, onde foi estabelecido finalmente o impacto que o uso de tabaco traz ao meio ambiente, ao tabagista passivo e aos animais que convivem com o fumante”, enfatiza Dra. Sandra Silva Marques, consultora de projetos científicos da CDD. 

Isso acontece porque o cigarro é considerado um dos principais desencadeadores para a asma. Alguns gatilhos apenas pioram os sintomas, outros afetam também a inflamação dos brônquios. No caso do cigarro, ele é capaz de desencadear ambos os efeitos negativos na condição asmática.

Sobre a CDD

A associação Crônicos do Dia a Dia - www.cdd.org.br - é uma organização sem fins lucrativos. Desde 2018, tem como missão apoiar todo o potencial humano para ampliar as perspectivas das pessoas que convivem com condições crônicas de doença. A partir dos pilares de trabalho de Responsabilidade social, Qualidade de vida, Políticas Públicas, Pesquisa e Informação, desenvolve projetos e campanhas para fortalecer o diagnóstico precoce, conscientizar sobre sintomas, políticas públicas, tratamentos e vivências com os diagnósticos, para impactar na qualidade de vida das pessoas que convivem com as condições, seus amigos e familiares.