RR MÍDIA 3
Coperlidere
Chama!!!
Entretenimento

Férias escolares devem movimentar o turismo no Brasil

Com as férias escolares se aproximando, instituições e entidades de turismo projetam crescimento na demanda por viagens em julho

26/05/2023 10h15
Por: Redação
Fonte: Agência Dino
Foto: Guia Viajar Melhor
Foto: Guia Viajar Melhor

O mês de julho muda a rotina de parte das famílias com as férias escolares, movimentando a indústria de viagens. Em 2022, o segmento registrou um crescimento de 32,1% em relação a julho de 2021, contabilizando um faturamento de R$ 18,3 bilhões. Os dados foram divulgados pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), com base em informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Seguindo a tendência do aumento na demanda por viagens, a expectativa é que as férias escolares de julho deste ano sigam o crescimento de períodos anteriores. A demanda se torna impulsionada pelo amplo público disponível. De acordo com o último Censo Escolar, realizado em 2022 pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), mais de 47,4 milhões de crianças e adolescentes estão matriculados em escolas públicas e particulares em todo o país. 

Esse número representa um potencial significativo de famílias com potencial para aproveitar o tempo livre para fazer viagens no Brasil e no exterior. Os dados publicados pela FecomercioSP apontam que o segmento que mais se destacou no setor durante o mês de julho de 2022 foi o de transporte aéreo, que cresceu 86,8% no comparativo anual. Na sequência, os pelos serviços de hospedagem e alimentação representaram um aumento de 22% e as atividades culturais, recreativas e esportivas de 18,8%. 

O setor de hotelaria também analisa este período do ano de forma positiva. Em publicação feita na Revista Hotéis, com informações da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH Nacional), julho também marca um aumento na taxa de ocupação de diversos hotéis. As cidades de Caldas Novas e Aruanã, em Goiás, chegaram a 100% de ocupação da rede hoteleira; as cidades de Gramado e Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, tiveram uma média de 80% de ocupação; já na região Nordeste, os estados de Pernambuco e Ceará lideram com cerca de 70% de ocupação. Algumas dessas regiões estão destacadas entre os principais lugares para conhecer no Brasil, inclusive para famílias com crianças em idade escolar. 

Expectativas de crescimento para 2023

De acordo com a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgada em março de 2023 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as atividades turísticas no Brasil continuam a apresentar um crescimento significativo. Somente em março, o índice registrou um aumento de 6,6% em relação ao mesmo período do ano anterior. 

Esse desempenho positivo foi impulsionado principalmente pelos setores de locação de automóveis, restaurantes, hotéis, agências de viagens e transporte rodoviário coletivo de passageiros. O levantamento também ressalta que este é o 24º mês consecutivo com taxa positiva no setor. No acumulado do ano, o índice das atividades turísticas também apresentou um desenvolvimento notável, registrando um aumento de 11,1% em comparação com o mesmo período de 2022.