Rodas
Quality
Giro Luvas
Ótima
Gráfica
Sicoob
Loc moral
Loc moral 3
RR MÍDIA 3
Optima seguros
Ramses
Forte vidros
Breno
Pontual
Patente
Chama!!!
RR 2023 02
Ótica santa luzia
Meio Ambiente

Governo de Minas reforça compromisso com a sustentabilidade em workshop do setor sucroenergético

Meio Ambiente reforçou avanços nas políticas ambientais e compromisso em promover cenário favorável ao desenvolvimento sustentável

03/04/2024 11h17
Por: Redação
Fonte: Secom Minas Gerais
Matheus Adler
Matheus Adler

Dirigentes do Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sisema) participaram, na terça-feira (2/4), da abertura do IV Workshop de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Setor Bioenergético Mineiro, realizado na Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), em Belo Horizonte. 

Em seus discursos, os gestores citaram avanços nas políticas ambientais e reforçaram o compromisso do Governo de Minas em idealizar, cada vez mais, um cenário favorável ao desenvolvimento sustentável.

A secretária de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável , Marília Melo, ressaltou a importância do setor bioenergético para a sociedade. Para Marília, outros setores da economia devem seguir o exemplo da bioenergia, promovendo economia circular e reduzindo a emissão de poluentes.

“Este é um setor que ao longo do tempo foi evoluindo e, hoje, é exemplo de economia circular, pois não perde nada e tudo é reaproveitado. Essa é a tendência. O setor avançou, pois seguiu a gestão ambiental de sustentabilidade como o mundo espera de todos os setores da economia”, afirmou.

Marília destacou a produção de etanol como exemplo de sustentabilidade por parte do setor sucroenergético. Para a secretária, o uso do combustível renovável e de origem vegetal deveria ser utilizado em maior escala em veículos de passeio, ao invés de motores movidos a energia elétrica.

Licenciamento com previsibilidade

Outro ponto defendido pelos dirigentes do Sisema durante a abertura do workshop foi a adoção do licenciamento ambiental com previsibilidade ao empreendedor. 

Atualmente, a Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam) , que é responsável pela regularização ambiental em Minas, trabalha com análise de prazo e não em quantitativo de processos, criando, assim, um ambiente favorável a negócios, sobretudo sustentáveis.

É o que relatou o presidente da Feam, Rodrigo Franco. 

“Isso traz a previsibilidade, a governança e cria um ambiente favorável para que possamos ter sustentabilidade e desenvolver cada vez mais Minas Gerais, com mais etanol, mais açúcar, mais biometano”, disse.

Marília Melo, por sua vez, ressaltou que o tema foi bastante debatido durante a reorganização administrativa do Estado, no âmbito do Sisema, em 2023. 

No entanto, ela lembrou que há algo além do licenciamento que é observado pela sociedade: o desempenho ambiental dos setores econômicos. 

“O licenciamento é o início de um empreendimento, mas o desempenho ambiental dos setores é o que a sociedade quer de todos, especialmente dos setores econômicos”, concluiu.

Palestras

Após a abertura, Marília ministrou palestra com o tema "Reorganização Administrativa do Estado, no âmbito da Semad". 

Na ocasião, a secretária detalhou os principais pontos que reforçam o compromisso do Governo de Minas com a preservação ambiental e a sustentabilidade. Saiba mais sobre o tema aqui.

Outras palestras serão ministradas no workshop nesta quarta-feira (3/4) por dirigentes do Sisema sobre diversos temas, como o Plano Mineiro de Segurança Hídrica (PMSH) e intervenção ambiental no estado.

O workshop, que tem como objetivo promover o encontro de experiências existentes no setor sucroenergético, é realizado pela Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (Siamig Bioenergia), em colaboração com a Gaia Consultoria Ambiental e a ONG Impar.