banner topo
Principal 1
outubro rosa
Principal 4
Principal 3
Principal 2
Principal 5
unifem novo
unifem 1
novo super
Anuncio ramises
Principal 6
Impacto na economia

Prefeitura busca conhecer prejuízos causados à classe artística com a crise do coronavírus

A subsecretaria municipal de Cultura disponibilizou formulário virtual que deve ser preenchido por profissionais ligados à cultura. O levantamento será fundamental para propor políticas públicas após a liberação do mercado.

30/03/2020 14h58
Por: Redação

Entre os diversos setores atingidos pela suspensão de várias atividades econômicas em todo o país em função do novo coronavírus, destaca-se a arte. Talvez a primeira classe a sofrer com a queda dos trabalhos, no mundo inteiro, profissionais ligados ao setor cultural vivem momentos de incertezas quanto ao retorno dos seus trabalhos. Músicos, roadies, produtores de eventos, bailarinos, artistas de uma forma geral, buscam por meio de lives em redes sociais serem lembrados pelo público, uma vez que a aglomeração de pessoas, objetivo principal em um evento, é a proibição máxima em tempo de novo coronavírus.

Estudando tais impactos na economia criativa do município, a Secretaria Municipal de Educação, Esportes e Cultura, elaborou um formulário, a ser preenchido por profissionais ligados ao setor, a fim de conhecer os prejuízos causados à classe. O objetivo é promover políticas públicas voltadas ao setor, após a liberação do mercado, com o objetivo de suprir parte dos prejuízos oriundos da crise imprevista.

Segundo o subsecretário municipal de Cultura, Marcos Avelar, é de extrema importância ter os números em mãos. "É importante conhecermos os números, de forma a propor alternativas para amenizar a crise", salienta. Com bares, restaurantes, casas de shows e eventos particulares vetados, a classe artística se encontra completamente imobilizada e preocupa a gestão, uma vez que sustenta famílias e gera empregos, além de movimentar a cultura municipal.

O cantor sertanejo Juliano Oliveira, da dupla Carine & Juliano, comenta sobre os prejuízos sofridos até o momento. "Só no mês de março tivemos casamentos cancelados, além de eventos de grande e médio porte, em um prejuízo estimado em mais de R$ 3 mil". Para Marcos Avelar, o preenchimento do formulário é de extrema importância para que a Prefeitura possa estudar maneiras de subsidiar, buscando, de alguma forma, amenizar as perdas no período de quarentena. Segue abaixo o link para acessar o formulário: https://forms.gle/pfvAtuCJpGSrJ94P9