Principal 5
Prefeitura Sete Lagoas home
Principal 2
Principal 6
Principal 4
Principal 3
Principal 1
Reta final

Sampaoli entrega casa para imobiliária; diretoria do Galo convicta que treinador está de saída

Procurado pelo Atlético, argentino não confirma, mas clube está certo da saída

19/02/2021 09h25
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

A diretoria atleticana está convicta: Jorge Sampaoli não será técnico do Galo na próxima temporada. Conforme apuração da Itatiaia, o Atlético procurou o técnico e o gerente de futebol Gabriel Andreata, mas não teve confirmação. Apesar disso, o clube está certo da saída do treinador, que tem proposta do Olympique de Marseille, da França. 

Sampaoli, que tem contrato com o Galo até o fim de 2021, inclusive, já trabalha na logística para deixar Minas Gerais. A empresa que alugou a casa onde ele mora já foi comunicada que a residência será entregue após dia 25, quando termina o Campeonato Brasileiro.

A tendência é que a saída se confirme ao término da competição. Sem chances de título, o Galo, terceiro, com 62 pontos, quer garantir vaga direta à fase de grupos da Libertadores. Para isso, enfrenta o Sport no domingo (21), em Recife, e fecha o campeonato contra o Palmeiras, quinta-feira (25), no Mineirão.

Sampaoli segue focado em entregar o melhor resultado. Um dos fatores para que o assunto de rescisão seja tratado com cautela é a multa rescisória, no valor 660 mil euros (cerca de R$ 4,2 milhões). O contrato firmado Sampaoli prevê ganhos por objetivos alcançados. Com isso, é vantajoso financeiramente para o técnico que o Atlético alcance a melhor posição possível.

Não era de interesse da diretoria alvinegra uma rescisão. O presidente Sérgio Coelho havia manifestado, antes mesmo de ser eleito, desejo de renovar por mais uma temporada. O clube analisa possíveis substitutos. 

Renato Portaluppi, técnico longevo do Grêmio, é nome forte. O clube alvinegro enxerga nele qualidades presentes em Sampaoli, além de ser um treinador acostumado ao futebol brasileiro. Informações de veículos de imprensa do Rio Grande do Sul apontam para indefinição sobre a permanência dele no tricolor gaúcho, que já teria, inclusive, pré-acordo com Tiago Nunes para substituí-lo. 

Uma saída para acerto com o Galo, no entanto, só aconteceria após o término da Copa do Brasil. Renato comanda o Grêmio na final da competição contra o Palmeiras. O jogo de ida será no dia 28 de fevereiro. A partida decisiva é uma semana depois.