Principal 5
Principal 4
Prefeitura Sete Lagoas home
Principal 1
Principal 3
Principal 6
Principal 2
Fiscalização

Fiscalização fez notificações e interrompeu eventos com aglomeração de pessoas em Sete Lagoas

A fiscalização municipal e a PM estão atuando para coibir eventos irregulares que provocam aglomeração de pessoas

23/02/2021 08h55
Por: Ricardo Chaves

Por Ascom Prefeitura

A pandemia do novo coronavírus completa um ano em março e, durante todo esse período, a Prefeitura de Sete Lagoas editou vários decretos com a finalidade de determinar normas para funcionamento de atividades, sempre colocando a saúde do cidadão em primeiro lugar. Para garantir o cumprimento destas determinações, as equipes de fiscalização do Município, Guarda Municipal e a Polícia Militar realizaram operações no fim de semana, onde várias notificações foram registradas, principalmente em festas e eventos com aglomeração de pessoas.

Somente no último fim de semana foram aproximadamente 40 chamados recebidos pela Guarda Municipal, sendo 20 ligações de denúncias e aglomeração de pessoas em eventos. Nesses dois dias foram notificadas sete festas irregulares, três notificações por descumprimento de Decreto Municipal, quatro notificações da Vigilância Sanitária e um alvará de funcionamento de um estabelecimento foi suspenso. “A intenção é garantir que as normas sanitárias sejam cumpridas. A propagação do vírus deve ser evitada, pois a pandemia não acabou e continua ameaçando a vida das pessoas”, comenta o comandante da Guarda Municipal, Sérgio Andrade.

As ocorrências de aglomeração de pessoas em eventos particulares ganharam destaque em redes sociais e sites de notícias de Sete Lagoas no fim de semana. Festas foram interrompidas em espaços de eventos nas avenidas Norte-Sul e Secretário Divino Padrão. Uma cavalgada que reunia um grande número de participantes também foi fiscalizada. “Após a cavalgada ser interrompida, os participantes ainda foram para outro estabelecimento, onde a fiscalização também precisou atuar”, explica Sérgio Andrade.

O trabalho de fiscalização continua e as denúncias podem ser feitas pelo telefones 153 (Guarda Municipal), 190 (Polícia Militar) e Vigilância Sanitária (3773-2234).