Motociclista use capacete
Digital Graph
Almix
Arnaldo Radiadores
Loctem
Espetbet dois
Agrotop 3
Ramses
Otica Santa Luzia
Locmaqfer
Ronaldo Cardans
Homeopatia São Lucas
Espetbet três
Torneamento São Geraldo
Ótima
Espetbet
Casa da Arte
Breno Campolina
Auto Rodas
Sicoob
Escritório Jucema
Dinheiro por Jóias
Quality Ópticas
Chama!!!
Ótica Pontual
IPTU PRORROGADO
Cooperlíder Proteção Veicular
Fiscalização

Obras em Sete Lagoas são fiscalizadas pelo Crea-MG

Vai verificar atividades relacionadas à engenharia, à agronomia e às geociências

06/10/2021 09h21
Por: Redação

Por Redação

Começou, em 04 de outubro de 2021, em Sete Lagoas, uma blitz de fiscalização do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (Crea-MG). Até o dia 08, uma equipe composta por dez fiscais vai percorrer cerca de 250 obras, verificando atividades relacionadas à engenharia, à agronomia e às geociências.

A blitz reforça as ações de rotina que já são realizadas pelo Crea-MG na cidade. Durante a fiscalização, os agentes do Conselho verificam se as atividades técnicas estão sendo conduzidas por profissionais habilitados, bem como a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e as placas de identificação em obras.

O inspetor-chefe do Crea-MG em Sete Lagoas, engenheiro ambiental Robson Dias Machado, explica que a motivação da blitz é o aumento do número de obras na cidade. “Temos visto um crescimento atual da construção civil em todo o país, e em Sete Lagoas e região não é diferente. A fiscalização é necessária para exigir que em cada obra tenha um responsável técnico, um profissional habilitado capaz de desempenhar um trabalho de qualidade. Isso traz segurança para a população”, afirma.

As blitze se caracterizam por serem concentradas, em local e duração, e mais ágeis, por contarem com um maior número de fiscais. O gerente da Divisão de Fiscalização, engenheiro eletricista Nicolau Neder, reforça que esse tipo de ação traz inúmeros benefícios para a sociedade. "Durante uma blitz identificamos, por exemplo, o exercício ilegal da profissão de engenharia, agronomia e geociências. A população não deve ficar exposta aos riscos advindos de serviços técnicos sendo desempenhados por pessoas sem atribuição e sem habilitação legal”, pontua o gerente.

Balanço

Entre 2018 e 2020, o Crea-MG realizou 145 blitze em todas as regiões do estado, fiscalizando obras, empresas, contratos, quadro técnico e crédito rural. As principais irregularidades encontradas foram a falta de profissionais legalmente habilitados na execução de serviço de engenharia e a ausência de registro de empresa. O Conselho verifica e fiscaliza o exercício e a atividade profissional de engenharia, agronomia, geologia, geografia e meteorologia, conforme prevê a Lei Federal 5.194/1966.