Principal 2
Principal 3
novo super
Anuncio ramises
Principal 6
Principal 5
Principal 4
Principal 1
S.A.F.

Cruzeiro pode mudar estatuto para ceder mais de 50% de ações para futuro investidor

Assunto será introduzido em reunião entre diretoria, conselheiros e empresas que trabalham no projeto da S.A.F..

30/11/2021 09h53
Por: Redação

Por Itasat

O Conselho Deliberativo do Cruzeiro convocou os conselheiros celestes para uma roda de conversas sobre Sociedade Anônima do Futebol (S.A.F.), na noite desta segunda-feira (29). A reunião foi na sede social do Barro Preto. No encontro, que teve presença do presidente Sérgio Santos Rodrigues, do presidente da Mesa Nagib Simões, além de representantes da XP Investimentos - empresa que auxilia a Raposa na captação de investidores - um dos assuntos discutidos será a mudança da porcentagem das ações a ser cedida ao futuro investidor. Hoje, o estatuto cruzeirense prevê a cessão de apenas 49%, com a agremiação mantendo 51%. 

Segundo apurou a reportagem, essa divisão da porcentagem das ações não é bem vista pelos players ligados à transformação da Raposa em clube-empresa, já que o Cruzeiro seguiria majoritário na tomada de decisões e isso limitaria a atuação de quem "comprar o clube" no futuro. Por isso, essa conversa inicial entre dirigentes, XP investimentos e conselheiros também será para iniciar as discussões sobre o aumento da porcentagem de ações a serem cedidas para o futuro investidor. 

Na reunião também estarão representadas as empresas Ernst & Young e Alvarez Marsal, que também trabalham no projeto de transformação do Cruzeiro em clube-empresa. De acordo com a mensagem enviada aos conselheiros, perguntas poderam ser feitas antecipadamente. Tais questionamentos foram respondidas durante a reunião.

Mudança para S.A.F.

Com o término da Série B do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro poderá seguir com os trâmites legais para a transformação do clube em SAF. A previsão da diretoria celeste é que o processo seja concluído ainda em dezembro. Em entrevista recente à TV Globo, Sérgio Rodrigues afirmou que a Raposa já deve disputar o próximo Campeonato Mineiro com o seu novo CNPJ.

Após a transformação em clube-empresa, o Cruzeiro poderá ter suas ações compradas por um investidor. A expectativa é que isso aconteça ainda no primeiro trimestre de 2022.