Digital Graph
Ótica Pontual
Agro loc
Loc moral 3
Agrotop Novo
Espetbet três
Forte vidros dois
Cooperlíder Proteção Veicular
Otica Santa Luzia
Loc moral
Breno Campolina
Carioca
Quality Optcas
Espetbet
Escritório Jucema
Sicoob
Espetbet 1
Ronaldo Cardans
Ramses
Espetbet 6
Ótima
Espetbet dois
Torneamento São Geraldo
Espetbet 4
Clinica Dois
Chama!!!
Arnaldo Radiadores
Dinheiro por Jóias
Homeopatia São Lucas
Auto Rodas
Loctem dois
'TERROR'

Aluno aterroriza em escola de Sete Lagoas

A direção do colégio chamou a Polícia Militar

26/09/2022 21h46
Por: Redação

Com Setelagoas.com

Pais, alunos e professores da Escola Municipal Francisca Ferreira de Avelar, no Barreiro, em Sete Lagoas, vivem em apreensão. Um aluno do colégio faz constantes ameaças de ataques com arma e a uma docente.

Foto: Facebook / E.M. Francisca Ferreira de AvelarFoto: Facebook / E.M. Francisca Ferreira de Avelar

As mensagens chegam via WhatsApp. Na manhã da segunda-feira passada (19) alunos relataram que um menor enviou fotos portando arma de fogo alegando que iria “fazer uma chacina” naquele dia, além de arrancar o braço de uma professora com um facão.

A direção do colégio chamou a Polícia Militar, que foi até a casa do aluno, apreendido em flagrante - ele confirmou aos policiais que iria realizar o ato. Lá, foi encontrado um facão (este que seria utilizado para amputar o membro da docente). No boletim de ocorrência, os militares relatam que uma espécie de “plano de ação” foi encontrado no telefone, que foi aprendido juntamente com a arma branca.

Apesar da ação, as ameaças não cessaram, como conta uma fonte . Ela relata que os pais têm medo, apesar do policiamento na porta do colégio reforçado. Representantes do bairro e a professora ameaçada pelo aluno solicitaram, no início deste ano, a presença constante da Guarda Civil Municipal (GCM) no colégio – inclusive, uma patrulha da corporação esteve na porta da instituição nesta segunda (26).

O menor, segundo fonte ouvida pela reportagem, não tem histórico de violência. Mas suas ações já fizeram com que pais se mobilizassem para saber mais informações sobre o que anda acontecendo na Escola Municipal Francisca Ferreira de Avelar, interferindo nas atividades do local.

A Secretaria Municipal de Educação informou que têm ciência do fato e que já tomou diversas medidas para proteção de toda a comunidade escolar, além de ocorrer uma intervenção administrativa na Escola Municipal Francisca Ferreira de Avelar – a eleição para direção do colégio que seria realizada nesta terça (27), foi adiada.

Veja a nota na íntegra:

"A Secretaria Municipal de Educação tem conhecimento da situação e já tomou várias medidas para apuração e proteção dos alunos, funcionários e comunidade escolar. Por meio de uma intervenção administrativa informações detalhadas estão sendo levantadas e uma equipe psicossocial atua diretamente na E. M. Francisca Ferreira Avelar.

A Guarda Civil Municipal também foi acionada e trabalha na segurança de toda área escolar. Em função da intervenção a eleição para diretor escolar que seria realizada na escola nesta terça-feira, 27, foi adiada para data ainda a ser definida."