unifem novo
outubro rosa
Principal 5
Principal 3
Principal 1
novo super
banner topo
Principal 4
Principal 6
Principal 2
Anuncio ramises
unifem 1
REGIÃO CENTRAL

Homem é condenado a 26 anos de prisão por matar mulher e ocultar o seu cadáver, em Mariana

Denunciado já era condenado por dois homicídios e por tráfico de drogas

14/10/2021 09h40
Por: Ricardo Chaves

Por Itasat

Um homem foi condenado a 26 anos e quatro meses de prisão por ter assassinado uma mulher, de 43, que se recusou a fazer sexo com ele e pela ocultação do cadáver, em 2019, em Mariana, na Região Central de Minas.

De acordo com o Ministério Público, os crimes foram praticados no dia 8 de junho, há mais de dois anos. 

Após ter discutido com a companheira, o rapaz resolveu ir à uma festa na Arena Mariana, comentando que iria fazer sexo com alguma mulher de qualquer jeito. 

Conforme as investigações, ao chegar no local, o denunciado se encontrou com a vítima e passou o evento ao lado da mulher bebendo cerveja juntos. Quando a festa terminou, a mulher estava indo em direção à sua casa na presença dele. Durante o trajeto, inconformado pelo fato de a mulher não querer ter uma relação sexual, ele a empurrou de uma passarela de cerca de 4,5 metros na MG-129, que liga o bairro São Cristóvão à rotatória existente no trecho da rodovia.

O criminoso ainda arrastou o corpo da vítima e o encobriu com uma cobertura vegetal para que a mulher não fosse localizada. Ela só foi encontrada três dias depois do crime.

Ainda segundo a denúncia, “o réu foi movido por motivo torpe e repugnante, utilizando de recurso que dificultou a defesa da ofendida, que estava embriagada e foi surpreendida pelo ataque de fúria do agressor”.

Já naquele período, o homem era condenado por dois homicídios tentados, sendo um deles qualificado, e por tráfico de drogas, cumprindo prisão domiciliar.